Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 16 de julho de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Serra defende ensino técnico para quem recebe Bolsa Família

1 Jun 2010 - 10h25Por G1

O pré-candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, defendeu nesta segunda-feira (31), em fórum de empresários em São Paulo, a concessão de bolsas de ensino técnico a famílias benefíciarias do Bolsa Família, do governo federal.

Serra citou a medida ao apontar a falta de mão de obra qualificada no país como um entrave ao desenvolvimento. "É preciso ter uma febre profissionalizante no país", afirmou durante o 2º Exame Fórum, cujo tema é "A Construção da 5ª Maior Economia do Mundo".

Serra disse ainda que, para chegar a 2040 como a quinta economia do mundo, a economia brasileira terá que crescer a uma taxa de 4,5% ao ano. "Olhando para trás, nem seria uma façanha extraordinária", afirmou o tucano.

Mais cedo, a ex-ministra chefe da Casa Civil e pré-candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, havia discursado no fórum e defendeu o aprofundamento de iniciativas relacionadas à economia de baixo carbono, cuja principal característica é a menor emissão de gases responsáveis pelo aquecimento global.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGEDIA NA RODOVIA
Morte trágica de três pessoas na PR-082, comove população
BRIGA DE FAMILIA
Pai desfere 15 golpes de facão em filho adolescente
VIOLENCIA DOMESTICA
Pai é morto a marteladas pelo filho um dia antes de aniversário
NÃO QUER QUE ELE USE
Mãe apaga narguilé do filho adolescente e leva chinelada
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que está apaixonado de verdade por Maria da Paz em 'A dona do pedaço'
VAQUINHA VIRTUAL
Com dinheiro de vaquinha, morador de rua que ajudou idosa durante temporal no Rio compra casa
DURANTE MISSA
Padre Marcelo Rossi cai do altar após ser empurrado em missa
ASSASSINATO
Prefeito é morto a tiros por vereador após discussão
ATROPELAMENTO FATAL
Freira Franciscana coordenadora de catequese morre atropelada por carro
ASSASSINATO
Homem é morto na frente da filha de 11 anos por causa de dívida