Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 17 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Senai de Dourados lança o 1º Concurso de Maquetes Industriais

10 Jun 2010 - 09h28Por Fátima News com Assessoria

O Cetec Senai Dourados lançou, na semana passada, o 1º Concurso de Maquetes Industriais para complementar a aprendizagem dos alunos da entidade no município. A cerimônia de lançamento foi realizada no auditório da unidade e contou com a presença de todos os alunos dos cursos técnicos e professores.

A coordenadora pedagógica da Cetec Senai Dourados, Flavia Dias, explicou aos alunos e professores a importância da atividade para complementar a formação. Já o organizador e a coordenadora do concurso, Marcos Dias e Daniely Sotolani, respectivamente, detalharam os objetivos e a metodologia da iniciativa.

Ainda na cerimônia de lançamento, os alunos do curso técnico em açúcar e álcool apresentaram as maquetes desenvolvidas por eles e aproveitaram para fazer um depoimento sobre o processo de construção das maquetes. A premiação do concurso vai ser durante o 4º Workshop de Automação e Tecnologia, que será realizado em Dourados de 20 a 25 de setembro.

O 1º Concurso de Maquetes Industriais é aberto para todos os alunos matriculados regularmente no Cetec Senai Dourados e as maquetes serão avaliadas por júri popular e júri técnico composto pelos profissionais do Senai. As três melhores maquetes nas categorias aprendizagem industrial e habilitação técnica serão premiadas.

Segunda a professora Daniely Sotolani, coordenadora do concurso, o desenvolvimento de atividades práticas em sala de aula coloca o aluno em contato com a realidade, pois somente com o ensino teórico fica difícil visualizar o processo industrial. “A aula prática torna mais dinâmico o processo de ensino-aprendizagem, permitindo uma visualização tangível do processo industrial e a relação professor-aluno fica mais próxima, além de aumentar a motivação dos alunos”, disse.

A aluna Priscila de Paula, que faz o curso técnico em açúcar e álcool do Cetec Senai Dourados e confeccionou uma maquete industrial para o dia do lançamento do concurso, ressalta que a elaboração do trabalho contribuiu para o seu aprendizado, “Ao fazer a maquete, trouxe para dentro da sala de aula o cenário industrial, tornando dessa forma mais prático e dinâmico o método adotado pela professora”, declarou.

Ela reforça que com isso a professora trabalhou com os alunos os três canais sensoriais: o auditivo, que é a busca e a troca de informações para elaboração do projeto; o cinestésico, que é justamente o trabalho em equipe e principalmente; e o visual, que enriqueceu a prática em sala de aula.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem atira em esposa e se mata com granada
SUPERAÇÃO
Pedreiro cadeirante enfrenta difilculdades e sustenta a família trabalhando em obras
GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'
ALERTA
Smartphone afeta a saúde mental, e o dano pode começar em crianças de 2 anos!