Menu
SADER_FULL
quarta, 19 de setembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Senador propõe criação de exame nacional para médicos

16 Ago 2004 - 14h42
Somente após aprovados em Exame Nacional de Proficiência de Medicina é que os médicos poderão inscrever-se nos conselhos regionais da profissão, segundo o projeto de lei nº 217/2004, de autoria do senador Tião Viana (PT-AC), que encontra-se atualmente na Comissão de Educação (CE). O exame deverá ser oferecido pelo menos uma vez ao ano pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

De acordo com o projeto, que ainda será analisado em caráter terminativo pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS), o exame terá de ser oferecido pelo CFM em todas as unidades federadas pelo país. E somente poderão se inscrever para a realização da prova os portadores de diploma de graduação em Medicina.

Os médicos já inscritos nos respectivos conselhos regionais de Medicina, ainda segundo o texto, terão suas inscrições convalidadas e serão dispensados da realização do exame. Quando se tratar de diploma de graduação expedido por universidade estrangeira, por outro lado, a revalidação passará a ser feita, de acordo com a proposta, por certificado de aprovação no exame nacional.

O objetivo do projeto, de acordo com o senador, é o de instituir, a exemplo do que ocorre com os advogados recém-formados no Brasil, um “filtro” entre a diplomação e a prática profissional, como forma de impedir que médicos mal formados exerçam a profissão. Ele recorda que, segundo recente pesquisa da Universidade do Estado de São Paulo, 73% dos médicos entrevistados reconheceram já terem receitado medicamentos sem conhecer sua exata composição, e 40% admitiram que não lêem publicações médicas ou científicas.

- Fica evidente que nossas escolas médicas, com raras e boas exceções, não estão formando médicos, mas apenas diplomando-os. E, ao fazerem isto, agem de maneira irresponsável, porque lançam no mercado profissionais tecnicamente despreparados, incapazes de lidar com os problemas de saúde mais simples de nossa população – sustenta Tião Viana na justificação de seu projeto.

 

 

Agência Senado

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALCOOLISMO
Menino de 9 anos é expulso de casa pela mãe alcoólatra por se recusar a roubar, no DF
LATROCINIO
Tentativa de assalto termina com pai morto e filho baleado
MENOR INFRATOR
Cobradora é apedrejada em assalto e adolescente é detido pela 4ª vez
FAMOSIDADES
Justiça condena Deborah Secco por desvio de dinheiro público
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Severo vai morar com mendigos e vira vizinho de Agenor
CLUELDADE
Por mãe estar sem o celular, ladrão dá facada em bebê de 3 meses
ECONOMIA
Mercado financeiro já trabalha para traçar cenários sem Bolsonaro
PROCURA-SE
Adolescente desaparece e família recebe ligação misteriosa
TRAGÉDIA
Jovens irmãos morrem em grave acidente; caminhonete chegou a se partir ao meio
FAMOSIDADES
Justiça decreta prisão de Dado Dolabella por insulto à ex mulher