Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 16 de julho de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Senador propõe criação de exame nacional para médicos

16 Ago 2004 - 14h42
Somente após aprovados em Exame Nacional de Proficiência de Medicina é que os médicos poderão inscrever-se nos conselhos regionais da profissão, segundo o projeto de lei nº 217/2004, de autoria do senador Tião Viana (PT-AC), que encontra-se atualmente na Comissão de Educação (CE). O exame deverá ser oferecido pelo menos uma vez ao ano pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

De acordo com o projeto, que ainda será analisado em caráter terminativo pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS), o exame terá de ser oferecido pelo CFM em todas as unidades federadas pelo país. E somente poderão se inscrever para a realização da prova os portadores de diploma de graduação em Medicina.

Os médicos já inscritos nos respectivos conselhos regionais de Medicina, ainda segundo o texto, terão suas inscrições convalidadas e serão dispensados da realização do exame. Quando se tratar de diploma de graduação expedido por universidade estrangeira, por outro lado, a revalidação passará a ser feita, de acordo com a proposta, por certificado de aprovação no exame nacional.

O objetivo do projeto, de acordo com o senador, é o de instituir, a exemplo do que ocorre com os advogados recém-formados no Brasil, um “filtro” entre a diplomação e a prática profissional, como forma de impedir que médicos mal formados exerçam a profissão. Ele recorda que, segundo recente pesquisa da Universidade do Estado de São Paulo, 73% dos médicos entrevistados reconheceram já terem receitado medicamentos sem conhecer sua exata composição, e 40% admitiram que não lêem publicações médicas ou científicas.

- Fica evidente que nossas escolas médicas, com raras e boas exceções, não estão formando médicos, mas apenas diplomando-os. E, ao fazerem isto, agem de maneira irresponsável, porque lançam no mercado profissionais tecnicamente despreparados, incapazes de lidar com os problemas de saúde mais simples de nossa população – sustenta Tião Viana na justificação de seu projeto.

 

 

Agência Senado

Deixe seu Comentário

Leia Também

BARBÁRIE
Moça de 22 anos é agredida até a morte após se negar a fazer sexo
COMOÇÃO
Jovem Lenara, filha de vice prefeito morre vitima de câncer
100 REMEDIOS
Ministério da Saúde suspende fabricação de 19 remédios;veja aqui a lista dos medicamentos cortados
ABANDONADA NO ALTAR
Morre jovem que casou sozinha após ser abandonada no altar
TRAGEDIA NA RODOVIA
Morte trágica de três pessoas na PR-082, comove população
BRIGA DE FAMILIA
Pai desfere 15 golpes de facão em filho adolescente
VIOLENCIA DOMESTICA
Pai é morto a marteladas pelo filho um dia antes de aniversário
NÃO QUER QUE ELE USE
Mãe apaga narguilé do filho adolescente e leva chinelada
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que está apaixonado de verdade por Maria da Paz em 'A dona do pedaço'
VAQUINHA VIRTUAL
Com dinheiro de vaquinha, morador de rua que ajudou idosa durante temporal no Rio compra casa