Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 18 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Senado aprova proposta que muda reeleições em entidades esportivas

3 Set 2013 - 17h13Por Uol

O Senado Federal acabou de aprovar proposta que vai de encontro aos interesses dos cartolas brasileiros.

A matéria altera a Lei Pelé e fixa regras de reeleição e de duração dos mandatos dos dirigentes de entidades esportivas.

O parecer favorável da relatora Lídice da Mata (PSB-BA) foi aprovado no final da manhã de hoje por unanimidade pelos senadores da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) e ficará na mesa diretora por cinco dias aguardando recursos.

É nesse momento, em geral, que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) costumam agir.

De acordo com o secretário da CE, Júlio Linhares, vários projetos sobre o mesmo tema tramitaram naquela Casa, mas nunca chegaram a ser aprovados em caráter terminativo. “Foi histórico”, disse.

Desavisados sobre a tramitação do Projeto de Lei 253/12, do senador Cássio Cunha Lima (PSDB/PB), os lobistas que trabalham em favor dos interesses nada republicanos das entidades esportivas no Congresso Nacional tomaram “bola nas costas”.

Ironicamente, justo na semana em que a seleção canarinho está na capital federal para disputar o amistoso contra a Austrália, no próximo sábado, no Mané Garrincha.

Sob o comando do assessor legislativo da CBF, Vandenberg Machado, a bancada da bola deverá se articular o mais rápido possível para tentar reverter o placar desfavorável.

Depois de atender o prazo de recursos no Senado, a proposta seguirá para a Câmara dos Deputados onde será analisada, primeiro, pela Comissão de Turismo e Desporto e em seguida pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania.

ATUALIZAÇÃO ÀS 16h50: Os Atletas pela Cidadania também acabam de obter outra vitória histórica.

Conseguiram driblar a vigilância da CBF e do COB e aprovaram na Medida Provisória 620 o fim das reeleições, a gestão profissional, a participação democrática dos atletas nas eleições e a exigência de transparência na gestão esportiva.

As MPs fiscalizadas pela CBF e pelo COB eram as de números 615 e 621, mas os Atletas pela Cidadania, em articulação feita por Rai até junto ao ministério do Esporte, obtiveram o apoio do governo na MP 620.

Agora, para derrubar a emenda, os cartolas terão de pedir destaque na votação, com o que se saberá quem são os parlamentares contrários à democracia e limpeza no esporte nacional.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem atira em esposa e se mata com granada
SUPERAÇÃO
Pedreiro cadeirante enfrenta difilculdades e sustenta a família trabalhando em obras
GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'