Menu
prefeitura VICENTINA Março 2019
quarta, 20 de março de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Senado aprova proposta que muda reeleições em entidades esportivas

3 Set 2013 - 17h13Por Uol

O Senado Federal acabou de aprovar proposta que vai de encontro aos interesses dos cartolas brasileiros.

A matéria altera a Lei Pelé e fixa regras de reeleição e de duração dos mandatos dos dirigentes de entidades esportivas.

O parecer favorável da relatora Lídice da Mata (PSB-BA) foi aprovado no final da manhã de hoje por unanimidade pelos senadores da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) e ficará na mesa diretora por cinco dias aguardando recursos.

É nesse momento, em geral, que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) costumam agir.

De acordo com o secretário da CE, Júlio Linhares, vários projetos sobre o mesmo tema tramitaram naquela Casa, mas nunca chegaram a ser aprovados em caráter terminativo. “Foi histórico”, disse.

Desavisados sobre a tramitação do Projeto de Lei 253/12, do senador Cássio Cunha Lima (PSDB/PB), os lobistas que trabalham em favor dos interesses nada republicanos das entidades esportivas no Congresso Nacional tomaram “bola nas costas”.

Ironicamente, justo na semana em que a seleção canarinho está na capital federal para disputar o amistoso contra a Austrália, no próximo sábado, no Mané Garrincha.

Sob o comando do assessor legislativo da CBF, Vandenberg Machado, a bancada da bola deverá se articular o mais rápido possível para tentar reverter o placar desfavorável.

Depois de atender o prazo de recursos no Senado, a proposta seguirá para a Câmara dos Deputados onde será analisada, primeiro, pela Comissão de Turismo e Desporto e em seguida pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania.

ATUALIZAÇÃO ÀS 16h50: Os Atletas pela Cidadania também acabam de obter outra vitória histórica.

Conseguiram driblar a vigilância da CBF e do COB e aprovaram na Medida Provisória 620 o fim das reeleições, a gestão profissional, a participação democrática dos atletas nas eleições e a exigência de transparência na gestão esportiva.

As MPs fiscalizadas pela CBF e pelo COB eram as de números 615 e 621, mas os Atletas pela Cidadania, em articulação feita por Rai até junto ao ministério do Esporte, obtiveram o apoio do governo na MP 620.

Agora, para derrubar a emenda, os cartolas terão de pedir destaque na votação, com o que se saberá quem são os parlamentares contrários à democracia e limpeza no esporte nacional.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESCASO
Bebê morre após parto feito pelo pai em ambulância sem médico
FAMOSIDADES
Aos 58 anos, atriz Tássia Camargo sofre infarto e está na UTI de Hospital em Portugal
ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos