Menu
SADER_FULL
quinta, 20 de setembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Senado aprova MP da soja transgênica

22 Dez 2004 - 07h20
O Senado aprovou nesta terça a medida provisória que autoriza o plantio de soja transgênica na safra de 2004/2005, mantendo as alterações introduzidas no texto original pelos deputados federais, em especial os da bancada ruralista.

A expectativa do mercado é de que 60,5 milhões de toneladas da oleaginosa sejam colhidas, sendo 20% delas geneticamente modificadas.

Encaminhado à sanção presidencial, o texto dá à Monsanto o direito de cobrar royalties apenas se apresentar nota fiscal de venda aos agricultores da soja transgênica Roundup Ready, patenteada pela empresa.

O próprio governo reconhece que a maior parte dos grãos desse tipo entrou no Brasil por meio de contrabando. A multinacional, portanto, não terá os ganhos previstos quando da edição da MP, que na época não continha tal regra.

Os parlamentares também ampliaram o prazo final para comercialização da soja transgênica cultivada na safra atual: de janeiro para dezembro de 2006. O prazo para assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) também foi prorrogado até dezembro de 2006.

 

JB Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
‘Desejo continuar com a minha profissão, mas temo pela minha vida’, diz professor agredido em aula
SOB INVESTIGAÇÃO
Jovem é encontrada morta dentro do quarto e esposo está desaparecido
MORTE NO DETRAN
Jovem sofre parada cardíaca durante prova para tirar CNH
REALITY SHOW
‘A fazenda’: conheça os 16 participantes da nova edição
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta é presa por causa de armação de Luzia
REALITY SHOW
“A Fazenda 10”: Gabi Prado passa mal e Nadja vira alvo dos participantes
SURRA
Video: Homem faz proposta sexual e é agredido de cinta no meio da rua
REALITY SHOW
Em 1ª dia de 'A Fazenda', Ana Paula ganha carro e vira meme
ABANDONO
Dois dias sem comer: irmãos de 2 e 4 anos são encontrados sozinhos em casa
PESQUISA ELEITORAL
Ibope: Haddad cresce em todos os segmentos; Bolsonaro só entre os mais ricos