Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 18 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Senado aprova admissão de paternidade em caso de recusa a DNA

6 Ago 2010 - 06h45Por Mídia Max

O Senado aprovou na noite de quarta-feira, 4, um projeto que estabelece a admissão de paternidade para o homem que se recusar a fazer o teste de DNA. A proposta seguirá para a sanção presidencial.

O projeto de lei, da deputada Iara Bernardi (PT-SP), é semelhante ao que foi sancionado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em julho do ano passado. A diferença entre as duas propostas é que o projeto em vigor estabelece a "presunção da paternidade"  em caso de recusa ao teste, enquanto que o texto recém-aprovado prevê a "admissão tácita."

Segundo a proposta, os pedidos para comprovar a paternidade poderão ser feitos por "quem tenha legítimo interesse na investigação" ou pelo Ministério Público.

Durante a discussão sobre o projeto, a casa rejeitou a emenda do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) que determinava a realização do exame de DNA em parentes consanguíneos caso o suposto pai estivesse ausente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido