Menu
SADER_FULL
sexta, 16 de novembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Seminário ensina produção agroecológica de hortaliças

20 Jun 2007 - 13h38
No dia 22 de junho, acontece em Sidrolândia o Seminário sobre Sistemas de Produção de Hortaliças do projeto PAIS – Produção Agroecológica Integrada Sustentável. No evento, serão repassadas informações sobre o sistema agroecológico de produção de hortaliças e serão realizadas visitas nas propriedades com o sistema em processo de instalação.
 
O seminário é voltado aos produtores rurais de Miranda, Nioaque e Sidrolândia pertencentes ao programa Unidade Familiar de Produção Agrícola Sustentável – UFPAS. O programa tem como objetivo a sustentabilidade econômica e ecológica dos assentamentos rurais e utiliza como tecnologia o sistema de produção do projeto PAIS.
 
Noventa famílias devem participar do Seminário, que será ministrado pelos palestrantes Marcos Antonio Mariani e Anderson de Souza Almeida. A proposta é apresentar aos produtores a opção de produzir hortaliças de forma agroecológica e sustentável. 
 
O Seminário acontece das 8 às 16 horas, na sede do assentamento do km 388 da Rodovia Campo Grande – Sidrolândia. Estão envolvidos no evento as Prefeituras Municipais de Miranda, Nioaque e Sidrolândia e o Sebrae em Mato Grosso do Sul.
 
Projeto PAIS – O PAIS é um sistema de produção de baixo custo, sem o uso de agrotóxicos, ideal para tornar a atividade produtiva viável e facilmente absorvida pelo agricultor familiar. De acordo com o gestor do programa em Mato Grosso do Sul, Aroldo de Almeida Silva, “o sistema cria condições para melhorar a base alimentar das famílias, gera emprego e renda, favorece a manutenção de cidadãos em suas localidades, e ainda colabora para a preservação do meio ambiente”.
 
Com uma engenharia simples, o sistema de produção, construído em forma circular, é composto por uma horta, um quintal agroflorestal e uma criação de aves caipiras no centro. “Quando esses pilares estão interligados no manejo, as famílias conseguem uma produção diversificada a custo menor”, comenta o engenheiro agrônomo responsável pelo projeto, Aly Ndiaye. 
 
A irrigação é feita de maneira simples e barata, pelo método de gotejamento, e a adubagem através do escoamento do esterco pelo galinheiro. O quintal é uma área complementar, destinada à produção de frutas, grãos e outras culturas, com o objetivo de auxiliar na alimentação da família e dos animais do assentamento. Para um grupo de cinco pessoas é necessário um terreno de aproximadamente cinco mil metros quadrados.
 
 
 
 
 
Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

ENCONTRO DE GOVERNADORES
Em encontro de governadores com Bolsonaro, Reinaldo defende fronteira e reajuste da tabela SUS
VIOLENCIA DOMESTICA
Homem é esfaqueado por esposa que tem ciumes até da sombra
ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto
TRAGEDIA
Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante
ACIDENTE DE TRANSITO
Caminhão passa por cima de veículos e explode em grave acidente
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Marilda (Letícia Spiller) é flagrada nua e finge ser uma assombração
BNDS
“Se não abrir a caixa preta do BNDES, está fora!”, diz Bolsonaro sobre Levy
FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos