Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 24 de maio de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Seminário ensina produção agroecológica de hortaliças

20 Jun 2007 - 13h38
No dia 22 de junho, acontece em Sidrolândia o Seminário sobre Sistemas de Produção de Hortaliças do projeto PAIS – Produção Agroecológica Integrada Sustentável. No evento, serão repassadas informações sobre o sistema agroecológico de produção de hortaliças e serão realizadas visitas nas propriedades com o sistema em processo de instalação.
 
O seminário é voltado aos produtores rurais de Miranda, Nioaque e Sidrolândia pertencentes ao programa Unidade Familiar de Produção Agrícola Sustentável – UFPAS. O programa tem como objetivo a sustentabilidade econômica e ecológica dos assentamentos rurais e utiliza como tecnologia o sistema de produção do projeto PAIS.
 
Noventa famílias devem participar do Seminário, que será ministrado pelos palestrantes Marcos Antonio Mariani e Anderson de Souza Almeida. A proposta é apresentar aos produtores a opção de produzir hortaliças de forma agroecológica e sustentável. 
 
O Seminário acontece das 8 às 16 horas, na sede do assentamento do km 388 da Rodovia Campo Grande – Sidrolândia. Estão envolvidos no evento as Prefeituras Municipais de Miranda, Nioaque e Sidrolândia e o Sebrae em Mato Grosso do Sul.
 
Projeto PAIS – O PAIS é um sistema de produção de baixo custo, sem o uso de agrotóxicos, ideal para tornar a atividade produtiva viável e facilmente absorvida pelo agricultor familiar. De acordo com o gestor do programa em Mato Grosso do Sul, Aroldo de Almeida Silva, “o sistema cria condições para melhorar a base alimentar das famílias, gera emprego e renda, favorece a manutenção de cidadãos em suas localidades, e ainda colabora para a preservação do meio ambiente”.
 
Com uma engenharia simples, o sistema de produção, construído em forma circular, é composto por uma horta, um quintal agroflorestal e uma criação de aves caipiras no centro. “Quando esses pilares estão interligados no manejo, as famílias conseguem uma produção diversificada a custo menor”, comenta o engenheiro agrônomo responsável pelo projeto, Aly Ndiaye. 
 
A irrigação é feita de maneira simples e barata, pelo método de gotejamento, e a adubagem através do escoamento do esterco pelo galinheiro. O quintal é uma área complementar, destinada à produção de frutas, grãos e outras culturas, com o objetivo de auxiliar na alimentação da família e dos animais do assentamento. Para um grupo de cinco pessoas é necessário um terreno de aproximadamente cinco mil metros quadrados.
 
 
 
 
 
Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

FEMINICIDIO
Mulher é morta com 75 facadas pelo ex-marido após 25 anos de casamento
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
'Peguei meu filho e achei que estivesse morto', diz mãe de criança dopada em creche
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Confira o que tá na promoção que vai até este sábado no O Boticário em Fátima do Sul
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Visite Bonito (MS) na baixa temporada, saiba o porquê!
FÁTIMA DO SUL - TRATAMENTO COACH
De Nova Andradina, Vanessa recupera autoestima com tratamento 'Coach' Célia Tenório de Fátima do Sul
CASA BOCA SUJA
morador instala placas com palavrões nos muros de casa
MACABRO
Mulher é encontrada morta ao lado de uma oferenda
AMOR AO PRÓXIMO
Acidentada e abandonada, idosa é adotada por mulher de 30 anos
TRISTEZA
Morre menina que teve o corpo queimado em tentativa de furto em oleoduto, em Duque de Caxias
CONCORRENCIA
Padre Fabio de Mello reclama de Bradesco na internet e é disputado por concorrentes