Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 23 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Sem-terra ameaçam queimar usina no Pará

24 Mai 2007 - 14h39
Manifestantes de três movimentos sociais continuam ocupando a Hidrelétrica de Tucuruí, no Pará. Eles ameaçam atear fogo caso suas reinvidicações não sejam atendidas por representantes do Ministério de Minas e Energia. O Exército está de prontidão.
 
Cerca de 600 pessoas invadiram a segunda maior hidrelétrica do país, responsável por 10% do consumo nacional de energia. Os manifestantes arrebentaram portões, quebraram vidros e jogaram uma bomba caseira no prédio.
 
Eles ocupam a sala de comando da usina, obrigando os técnicos a transferir toda a operação para a casa de força. Os manifestantes são do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), da Via Campesina e do Movimento dos Atingidos por Barragem. Eles pedem investimentos em saúde, educação e em programas de renda para famílias desalojadas para a construção da usina.
 
A Justiça já concedeu a reintegração de posse, mas a usina continua ocupada. Homens da Polícia Federal e do Exército estão de prontidão.

Representantes do governo federal negociam com os invasores para que eles saiam da usina pacificamente.
 
Segundo a Eletronorte, a hidrelétrica neste momento opera normalmente e não há risco de apagões ou desabastecimento nas regiões Norte e Nordeste.
 
 
 
Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

ANJO DA GUARDA
Amigo dá lar a mulher que viveu 40 anos internada no HC
MAMATA
General corta contratinho de R$ 30 milhões para manter jornalistas no exterior
PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel