Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 14 de novembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Sem Fábio Costa, Santos recebe o Inter na Vila Belmiro

5 Set 2007 - 10h26

No treino da véspera da partida do Santos contra o Internacional, o destaque ficou por conta de quem não vai jogar. O goleiro e capitão da equipe, Fábio Costa, foi afastado ontem do time titular por tempo indeterminado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo.

Quem defende o gol santista hoje, às 21h45, na Vila Belmiro, é Roger. Luxemburgo disse que está insatisfeito com o comportamento e o rendimento de seu goleiro, até então intocável.

O técnico descartou relação do afastamento do goleiro com a derrota por 2 a 0 para o Corinthians, no último domingo. Luxemburgo chegou a criticar Fábio Costa por ter colocado somente um jogador na barreira na cobrança de falta do corintiano Nilton, que resultou no primeiro gol da partida.

"O Fábio Costa não está tendo o comportamento profissional que espero e quero. E não é de hoje. Acho que um goleiro do nível dele não pode tomar tantos gols como tomamos sem ser responsabilizado. E ele sabe disso", disse.

Luxemburgo afirmou que vinha tendo conversas semanais com o goleiro, mas que não houve resultado e ele teve de tomar uma atitude. Disse, porém, que gosta muito de Fábio Costa e que a decisão tomada por ele foi profissional.

"Não fechei as portas nem as janelas dele. Muito pelo contrário. Estão abertas, desde que ele volte a ser, treinar e se aperfeiçoar como capitão da equipe", afirmou Luxemburgo, que também cobrou comprometimento do resto da equipe.

Na partida de hoje, Fábio Costa não fica nem no banco --Felipe deve ser o reserva. Fábio Costa afirmou ter encarado o afastamento de forma natural e disse que não há nenhum jogador intocável. "Ele [Luxemburgo] entendeu que não vivo um dos melhores momentos. Acho que é atribuição do treinador ver os jogadores que se encontram em um melhor momento", disse.

O goleiro disse concordar que não está em boa fase. "Eu acho que tenho realmente que dar um tempo, treinar, me recondicionar e mostrar a ele [Luxemburgo] os motivos pelos quais sempre fui titular do Santos e das equipes por onde passei. Acho que não é demérito nenhum ficar fora da equipe. Faz parte do futebol, que é dinâmico", afirmou o goleiro, usando bordão do treinador.

"Mais uma vez ele [Luxemburgo] mostra que não tem essa de jogar com nome."

Roger disse que essa é uma das melhores oportunidades de sua carreira. Afirmou que vai trabalhar para tentar ficar com a vaga de titular.

Para a partida de hoje, Luxemburgo não poderá contar com o volante Maldonado, convocado pela seleção do Chile para dois amistosos.

O zagueiro Adaílton também vai desfalcar a equipe por ter sido expulso no último jogo no clássico contra o Corinthians --Marcelo deve ficar com a vaga. O zagueiro Domingos, que não participou da última partida, volta após ter cumprido suspensão automática.

SANTOS
Roger; Baiano, Marcelo, Domingos e Kléber; Adriano, Rodrigo Souto, Pedrinho e Petkovic; Marcos Aurélio e Kléber Pereira.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

INTERNACIONAL
Clemer; Wellington Monteiro, Índio, Sidnei e Rubens Cardoso; Edinho, Magrão, Pinga e Alex; Adriano e Christian.
Técnico: Abel Braga

Local: estádio da Vila Belmiro, em Santos
Horário: 21h45
Juiz: Djalma José Beltrami Teixeira (RJ)

 

 

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto
TRAGEDIA
Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante
ACIDENTE DE TRANSITO
Caminhão passa por cima de veículos e explode em grave acidente
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Marilda (Letícia Spiller) é flagrada nua e finge ser uma assombração
BNDS
“Se não abrir a caixa preta do BNDES, está fora!”, diz Bolsonaro sobre Levy
FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concursos oferecem mais de 1 mil vagas e salários de até R$ 6,6 mil no MS
NOVA EQUIPE
Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília