Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 20 de setembro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Sem contraproposta, petroleiros podem parar produção

8 Out 2004 - 16h07
Os trabalhadores da BR Distribuidora estão reunidos em assembléia em frente à fábrica em Duque de Caxias. Eles protestam contra a direção da empresa, que ainda não apresentou uma contraproposta de reajuste salarial. A categoria ameaça fazer greve e reivindica reajuste salarial de 7,81%, mais aumento real de 10% a título de produtividade, a redução da jornada de trabalho para 36 horas semanais e piso salarial mínimo de R$ 1.300,00.

Às 12h, os funcionários da sede da BR Distribuidora, no bairro da Tijuca, também pretendem protestar contra o que consideram descaso da direção da empresa. Ontem, o Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Minérios e Derivados de Petróleo do Rio suspendeu a segunda rodada de negociação salarial meia hora após a abertura do encontro, porque o presidente da BR, Rodolfo Landin, não compareceu à reunião.

A BR Distribuidora possui 1.682 funcionários no Rio, o que representa 45% do quadro de pessoal em todo o país.
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

SURRA
Video: Homem faz proposta sexual e é agredido de cinta no meio da rua
REALITY SHOW
Em 1ª dia de 'A Fazenda', Ana Paula ganha carro e vira meme
ABANDONO
Dois dias sem comer: irmãos de 2 e 4 anos são encontrados sozinhos em casa
PESQUISA ELEITORAL
Ibope: Haddad cresce em todos os segmentos; Bolsonaro só entre os mais ricos
BARBÁRIE
Corpo de Adolescente desaparecida há 11 dias é encontrado em Lixão
NOVELA GLOBAL
Karola e Laureta viram inimigas mortais em ‘Segundo sol’, e traz sérias consequências para ambas
ALCOOLISMO
Menino de 9 anos é expulso de casa pela mãe alcoólatra por se recusar a roubar, no DF
LATROCINIO
Tentativa de assalto termina com pai morto e filho baleado
MENOR INFRATOR
Cobradora é apedrejada em assalto e adolescente é detido pela 4ª vez
FAMOSIDADES
Justiça condena Deborah Secco por desvio de dinheiro público