Menu
SADER_FULL
segunda, 15 de julho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Seleção brasileira enfrenta a Itália na semifinal do Mundial de Vôlei

9 Out 2010 - 10h05Por R7

Se para o técnico Bernardinho não há favoritos na semifinal de Brasil e Itália pelo Mundial de Vôlei, neste sábado (9), a partir das 16h (horário de Brasília), a grande diferença no ginásio Palalottomatica de Roma será a torcida. Quem ganhar faz a final no domingo (10), contra o vencedor de Sérvia e Cuba, que têm jogo marcado para as 12h.

 

O treinador brasileiro está bem consciente disso, pelo que falou ao jornal Corriere dello Sport.

- Sabemos da dificuldade que teremos. A torcida do público em Roma será quentíssima e haverá muita pressão, como é normal em jogos como este.

O central Rodrigão, destaque da seleção brasileira neste Mundial pela eficiência do bloqueio, lembra que “toda a festa foi feita para eles e a gente está aqui para tentar estragá-la”.

Lucas, também central, diz que a seleção brasileira precisa entrar “com ânimo redobrado, multiplicado por mil”.

- Vão ser todos contra nós. Cada ataque nosso vai ser com muita raiva.

Mas o objetivo tem de ser outro bem outro. Em vez de raiva, frieza. Foco, como explica o levantador Bruninho.

Para ele, enfrentar a torcida e uma seleção experiente como a da Itália exigirá dos brasileiros “focar toda nossa energia para dentro de quadra”.

Em um jogo de altíssimo nível técnico como esse, é necessário muita concentração e saque eficiente para atrapalhar a armação do ataque adversário. Assim se facilita o próprio bloqueio e a finalização de pontos.

Vermiglio e Bruninho

A esperança de Bernardinho é desestabilizar a chance dos italianos variarem o ataque, porque têm “ótima defesa e ótimo bloqueio”.

Ele também falou ao jornal italiano do levantador adversário – o veterano Vermiglio.

- Sempre lúcido e o verdadeiro maestro do time. Se haverá equilíbrio com Bruno [levantador títular do Brasil]? Vamos lembrar que Valerio Vermiglio já tem dez anos de jogo no alto nível e venceu praticamente tudo, enquanto o Bruno ainda está começando.

Para Bernardinho, 2004 foi um ano de crescimento do vôlei brasileiro (campeão olímpico em Atenas). A seleção brasileira já tinha sido campeã mundial no Mundial-2002 e seria novamente em 2006 – busca, agora, o tri mundial, que a Itália já conquistou nos anos 92: 1990-94-98, com sua chamada “Geração dos Fenômenos”.

"Melhores do mundo" sob pressão

É o que também lembra Andrea Anastasi, o técnico italiano e ex-jogador de sua seleção, como Bernardinho, ao mesmo jornal Corriere dello Sport.

- O cenário dos últimos 20 anos do vôlei mundial estão divididos igualmente: nos anos 90, com o domínio da “Geração dos Feômenos” da Itália, ganhando tudo, exceto o título olímpico. De 2000 em diante, o ciclo é do Brasil, do jogo bonito. Nossa semifinal deste sábado tem tudo para ser uma partida épica.

A partida será dificílima, no entender de Anastasi, contra “os melhores do mundo”, que têm dominado a última década, “mas sem clima de revanche, que isso não existe no nosso esporte”.

Ele se diz tranquilo e espera apenas que seu time tenha um bom rendimento e consistência, principalmente na defesa-bloqueio, para conter o ataque dos brasileiros.

- Serão eles que jogarão sob a maior pressão.

Jogador do século: destaques e decepções

Quem também falou sobre a semifinais foi Lorenzo Bernardi, ele mesmo jogador da “Geração dos Fenômenos” e que trabalha como comentarista no Mundial da itália.

Para ele, as “surpresas” foram Itália e Cuba chegando às semifinais, o que não conseguiam há um tempo, “dando espetáculo , mostrando determinação e um belo vôlei”.

Lolo, escolhido “jogador do século 20” ao lado do norte-americano Karch Kiraly pela FIVB (Federação Internacional de Vôlei), voltou ao assunto da escolha de resultados para se beneficiar do regulamento, ao apontar suas decepções no torneio.

- Rússia e Brasil, pela maneira como se comportaram fora do esporte, deixando de lado o jogo, pensando só no próprio interesse. E os russos perderam a chance de medalha, como também a Bulgária.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGEDIA NA RODOVIA
Morte trágica de três pessoas na PR-082, comove população
BRIGA DE FAMILIA
Pai desfere 15 golpes de facão em filho adolescente
VIOLENCIA DOMESTICA
Pai é morto a marteladas pelo filho um dia antes de aniversário
NÃO QUER QUE ELE USE
Mãe apaga narguilé do filho adolescente e leva chinelada
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que está apaixonado de verdade por Maria da Paz em 'A dona do pedaço'
VAQUINHA VIRTUAL
Com dinheiro de vaquinha, morador de rua que ajudou idosa durante temporal no Rio compra casa
DURANTE MISSA
Padre Marcelo Rossi cai do altar após ser empurrado em missa
ASSASSINATO
Prefeito é morto a tiros por vereador após discussão
ATROPELAMENTO FATAL
Freira Franciscana coordenadora de catequese morre atropelada por carro
ASSASSINATO
Homem é morto na frente da filha de 11 anos por causa de dívida