Menu
SADER_FULL
sexta, 19 de abril de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Seleção argentina muda e se vacina contra Brasil

17 Set 2004 - 09h24
Marcelo Bielsa deixou a seleção Argentina com fama de freguês diante do Brasil. Para o seu lugar, os cartolas escolheram um treinador que tem uma fama oposta.

Na categoria sub-20, José Pekerman, 55, apresentado ontem oficialmente como novo treinador do time principal argentino, foi um tormento para o Brasil.

Na era Pekerman (1995-2002), a Argentina deu as cartas na categoria que teve os brasileiros como a maior força regional e do planeta.

Enquanto o treinador esteve na frente da equipe sub-20, a Argentina ganhou três Mundiais, contra nenhum do Brasil. Nas outras edições da competição, os brasileiros foram campeões quatro vezes, e os argentinos apenas uma.

Nos Sul-Americanos, foram dois títulos para cada lado na era Pekerman. No resto da história da competição, o Brasil vence fácil --seis títulos contra dois.

Os confrontos diretos em partidas oficiais também apontam a vantagem de Pekerman. Foram seis confrontos pelos campeonatos continental e mundial, com quatro vitórias argentinas.

Pekerman já havia sido cotado para comandar a seleção principal, em 1998, mas recusou o convite e indicou Bielsa.

"Agora me sinto preparado para a seleção principal. Eu confiava muito no Bielsa naquele momento", declarou o treinador, que não foi a primeira opção agora --Carlos Bianchi, ex-técnico do Boca Juniors, era o preferido, mas recusou o convite.

No seu trabalho na equipe sub-20, Pekerman lançou a maioria dos jogadores que vai treinar agora. Fazem parte da lista, entre outros, Sorín, Aimar, Rosales, Placente, Samuel e Saviola. "Eu me sinto como se estivesse voltando para casa", afirmou.

O novo treinador promete não fazer alterações drásticas no que vinha sendo feito por Bielsa, que deixou o cargo com o título de campeão olímpico e com uma desvantagem de apenas um ponto para o Brasil nas eliminatórias.

"O espírito do time vai continuar o mesmo", disse Pekerman, que vai fazer sua estréia no próximo dia 9, em jogo contra o Uruguai pelo qualificatório para 2006.

Esse confronto, aliás, vai reunir duas seleções que trocaram de comando depois do início das eliminatórias sul-americanas.

Além de Argentina e Uruguai, outras três seleções já fizeram isso --Bolívia, Colômbia e Equador. O Peru, do brasileiro Paulo Autuori, é outro que pode trocar de técnico em breve.
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Confira agora os 5 passeios mais românticos de Bonito (MS)
EM ÁUDIO VAZADO
Em áudio, Onyx diz que governo deu 'uma trava na Petrobras', caminhoneiros podem ficar sossegados
EMOÇÃO E RECOMEÇO
Mãe e filho se reencontram em hospital após desabamento de prédios
ACIDENTE FATAL
Três morrem em explosão provocada por vazamento de botijão de gás
NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil
CAMPO BELO RESORT - PARAÍSO É AQUI
Com noite Árabe e Italiana, PACOTE do dia 03 a 05 de maio já disponível para o Campo Belo Resort
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
Menino de 12 anos foge de casa, burla esquema de segurança e embarca em avião
DEU RUIM
Vítima reage e mata assaltante que tentava roubar camioneta em Toledo – ASSISTA VÍDEO
PAI MONSTRO
Pai é preso suspeito de estuprar e engravidar a filha de 11 anos
15 METROS DE ALTURA
MILAGRE – Menina de um ano que caiu do 4º andar de prédio não sofreu nenhuma fratura