Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 20 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Seleção argentina muda e se vacina contra Brasil

17 Set 2004 - 09h24
Marcelo Bielsa deixou a seleção Argentina com fama de freguês diante do Brasil. Para o seu lugar, os cartolas escolheram um treinador que tem uma fama oposta.

Na categoria sub-20, José Pekerman, 55, apresentado ontem oficialmente como novo treinador do time principal argentino, foi um tormento para o Brasil.

Na era Pekerman (1995-2002), a Argentina deu as cartas na categoria que teve os brasileiros como a maior força regional e do planeta.

Enquanto o treinador esteve na frente da equipe sub-20, a Argentina ganhou três Mundiais, contra nenhum do Brasil. Nas outras edições da competição, os brasileiros foram campeões quatro vezes, e os argentinos apenas uma.

Nos Sul-Americanos, foram dois títulos para cada lado na era Pekerman. No resto da história da competição, o Brasil vence fácil --seis títulos contra dois.

Os confrontos diretos em partidas oficiais também apontam a vantagem de Pekerman. Foram seis confrontos pelos campeonatos continental e mundial, com quatro vitórias argentinas.

Pekerman já havia sido cotado para comandar a seleção principal, em 1998, mas recusou o convite e indicou Bielsa.

"Agora me sinto preparado para a seleção principal. Eu confiava muito no Bielsa naquele momento", declarou o treinador, que não foi a primeira opção agora --Carlos Bianchi, ex-técnico do Boca Juniors, era o preferido, mas recusou o convite.

No seu trabalho na equipe sub-20, Pekerman lançou a maioria dos jogadores que vai treinar agora. Fazem parte da lista, entre outros, Sorín, Aimar, Rosales, Placente, Samuel e Saviola. "Eu me sinto como se estivesse voltando para casa", afirmou.

O novo treinador promete não fazer alterações drásticas no que vinha sendo feito por Bielsa, que deixou o cargo com o título de campeão olímpico e com uma desvantagem de apenas um ponto para o Brasil nas eliminatórias.

"O espírito do time vai continuar o mesmo", disse Pekerman, que vai fazer sua estréia no próximo dia 9, em jogo contra o Uruguai pelo qualificatório para 2006.

Esse confronto, aliás, vai reunir duas seleções que trocaram de comando depois do início das eliminatórias sul-americanas.

Além de Argentina e Uruguai, outras três seleções já fizeram isso --Bolívia, Colômbia e Equador. O Peru, do brasileiro Paulo Autuori, é outro que pode trocar de técnico em breve.
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS