TASS_MOTORS
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 15 de Dezembro de 2017
DELPHOS_FULL
16 de Novembro de 2004 10h51

SED antecipa reposição de conjuntos escolares para 2005

A Secretaria de Estado de Educação (SED) está tomando todas as medidas necessárias para o ano letivo de 2005 começar, no dia de 10 fevereiro, com as melhores condições para os alunos das 363 escolas estaduais de Mato Grosso do Sul.

Além de implantar o sistema da Matrícula Digital e assinar acordo com o Ministério Público - providência que garante o fornecimento do passe do estudante aos alunos de Campo Grande -, a SED investe na aquisição de conjuntos escolares que já estão sendo entregues às unidades.

Neste ano, a secretaria vem mantendo um sistema rotativo de entrega de conjuntos escolares, novos e reformados, para suprir as necessidades das escolas. De acordo com a gestora do Almoxarifado da SED, Antonieta Colman dos Santos, por ano o almoxarifado recebe cerca de 120 solicitações para a substituição dos móveis. “A vida útil de um conjunto escolar depende do cuidado que a comunidade escolar tem. Se não houver zelo, a média de duração é de seis meses. Agora, quando todos colaboram, os conjuntos podem durar até 18 meses”, afirma.

“No início de 2004 tivemos pouquíssimos problemas. Com planejamento e ações implementadas neste semestre, o próximo ano letivo vai começar dentro da normalidade”, afirma o secretário de Estado de Educação, Hélio de Lima.


Economia

Por meio de um convênio firmado há dois anos entre SED e Sebrae, cerca de cinco empresas do Estado contratadas trabalham na produção e reforma dos conjuntos. “Por esse convênio, a secretaria ajuda indiretamente na oferta de novos postos de trabalho, principalmente em Campo Grande”, conta Antonieta.

As carteiras também são reformadas através de uma parceria que a secretaria tem com a Sociedade Beneficente de Proteção e Apoio Assistencial ao Deficiente Físico (Sadef), a Sociedade Educacional Integrada de Desenvolvimento Individual e Profissionalizante (Escola Horizonte) e o Conselho da Comunidade de Campo Grande, que atende presos do complexo penitenciário. Esse convênio permite ao Estado economizar mais de 50% dos recursos destinados a esse fim, além de realizar um trabalho social.

No caso dos encarcerados, eles recebem uma ajuda de custo mensal e trabalham no barracão instalado dentro do estabelecimento penal. Para cada três dias trabalhados eles têm redução de um dia na pena. Um conjunto reformado custa, em média, R$ 40,00, enquanto que o valor de um novo é de R$ 69,80.


Entrega ágil

Além de facilitar aos pais e alunos a obtenção de uma vaga na rede estadual em Campo Grande, a Matrícula Digital, inovação que começa a funcionar no dia 22 de novembro, vai agilizar a entrega dos conjuntos escolares. “A matrícula digital facilitará bastante o nosso trabalho, pois as escolas terão informações sobre o número de alunos com maior antecedência e, dessa maneira, poderemos nos programar melhor. Os conjuntos são fornecidos às escolas com base no número de alunos matriculados”, finaliza a gestora.
 
 
Agência Brasil
Comentários
Veja Também
LISTINHA_ONLINE
LÉO_GÁS_300
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
Últimas Notícias
  
Nossa_Lojas
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.