Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Secretário nega que ICMS é causa de alta no combustível

28 Out 2004 - 17h52
O secretário de Receita e Controle, José Ricardo Cabral, disse hoje que o preço dos combustíveis não está aumentando em função do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Serviços e Mercadorias) e sim porque o produto teve valor reajustado nas refinarias.
Conforme a Agência Popular, o secretário ressaltou que é errada a informação de que os preços sofrerão novo reajuste, em torno R$ 0,02 por litro, em função da adequação da pauta fiscal. Ele lembra que há duas semanas os combustíveis tiveram reajuste e no entanto o imposto continuou sendo cobrado pela pauta atual.
A nova pauta só vigora no mês que vem, significando que os postos já se beneficiaram do intervalo entre o reajuste e a apuração da média ponderada.
No caso do óleo diesel, por exemplo, o preço médio ponderado final (PMPF) é R$ 1,7362, mas a pauta até o final deste mês continua sendo R$ 1,6659.
O secretário garante que o aumento anunciado para 1º de novembro será por conta dos postos e não por culpa da adequação da pauta fiscal em relação aos preços que já estão sendo praticados há duas semanas.
 
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação