Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 26 de setembro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Secretário admite dificuldade em combater crack no Brasil

7 Jul 2010 - 05h11Por R7

 

O secretário Nacional de Políticas sobre Drogas do gabinete de Segurança Institucional, general Paulo Roberto Uchoa, disse nesta terça-feira (6), durante Seminário Internacional sobre Políticas de Drogas, que ninguém conhece o remédio certo para combater o crack.

- Por isso não podemos dizer que o governo está usando o remédio errado.

Ele argumentou que a política sobre drogas foi uma das poucas do governo Fernando Henrique Cardoso mantida pelo governo Lula. Ele disse que ações e programas de combate prevenção desenvolvidos desde então são positivos. O que deve ser reavaliado, segundo o secretário, é a falta de descentralização das ações.

Uchoa concordou que faltam pesquisas sobre os usuários brasileiros dessa droga, além de mais leitos e maior eficiência no combate ao tráfico.

O seminário acontece desde segunda-feira (5) e foi organizado pela Comissão de Seguridade Social e Família a pedido dos deputados Germano Bonow (DEM-RS) e Vieira da Cunha (PDT-RS). O evento prossegue no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VEICULO ROUBADO
Carro roubado é arrastado por onibus; suspeito ficou gravemente ferido
AMEAÇAS
Marilia Mendonça Denuncia ameaças após aderir à campanha contra Bolsonaro
FATALIDADE
Adolescente sai para jogar futebol com amigos e morre afogado
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Maura fala sobre transar com homem: 'Detestei'
CORRIDA SUCESSÓRIA
Ibope mostra Bolsonaro estagnado com 28% e Haddad cresce 3 pontos e vai a 22%
FUTEBOL
Pela sexta vez Marta é eleita a melhor jogadora do mundo
FUGA FRACASSADA
Tentativa de fuga termina com agente de cadeia e detentos feridos
ASSASSINATO
Por quebrar "pacto de sangue" homem é assassinado juntamente com amigo
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Mistérios sobre passado de Karola começam a ser revelados
CORRIDA PRESIDENCIAL
Haddad continua disparada em pesquisa do BTG e se consolida no 2º turno