Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 23 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Secretaria de Educação resgata história do município de Jateí

18 Mai 2007 - 08h40

Com apoio integral do prefeito Eraldo Jorge Leite (PSDB), a Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, colocam em prática o projeto de resgate da história do município, desenvolvido nas escolas municipais e estaduais.

 

O projeto visa no estudo da origem geral, enfocando a história, do nome, surgimento e seus desenvolvimentos; economia; divisões regionais, distâncias e política; aspectos geográficos; infra-estrutura; cultura, esporte e lazer, monumentos, dentre outros.

 

Este estudo, segundo Lacerda, deverá ser realizado com os professores das disciplinas de história e geografia, em aulas normais, durante o tempo suficiente para a fixação do conteúdo desejado. Serão abrangidos os alunos do ensino fundamental das unidades de ensino, como as escolas estaduais Profª Bernadete Santos Leite (Sede), Profº Joaquim Alfredo Vianna (Nova Esperança) e a Escola Municipal Rural do Assentamento gleba Nova Esperança Profº Jovelino Celestino dos Santos.

 

Conforme João Paulo, a preocupação maior em oferecer estas informações aos alunos do município é devido a falta de conhecimento já constatada dos discentes acerca da história do município, em todos os seus aspectos. “Queremos destacar, de forma curta e simples a nossa história”, disse o secretário.

 

O secretário destaca o empenho e a colaboração dos diretores, principalmente das escolas estaduais em aceitar os termos do projeto. “Todos aceitaram a idéia e se colocaram a disposição, isso mostra preocupação com as nossas crianças e adolescentes, em relação ao conhecimento da nossa história”, diz Silva.

 

O diretor da escola Joaquim Viana, do distrito, Nilton Vasconcelos, vem valorizando o projeto, apoiando totalmente a idéia, preocupado com a falta de conhecimento dos alunos a respeito da questão histórica local. Já diretora da escola Bernadete Santos Leite, professora Andréa Souza, também mostrou preocupação em relação ao tema, colocando-se a inteira disposição para o desenvolvimento do projeto. “Geralmente só discutimos a nossa história, quando do aniversário da emancipação político-administrativa. Temos que mudar isso”, falou a diretora.

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico