Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 24 de agosto de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Schumacher vai perder dez posições no grid

23 Out 2004 - 10h42
O acidente que sofreu na última sessão de treinos livres para o GP Brasil de F-1 vai custar caro ao alemão Michael Schumacher.

Com o carro totalmente destruído, o alemão perderá dez posições no grid de largada porque a escuderia não será capaz de recuperar o carro a tempo da sessão que define o grid, a partir das 12h (com acompanhamento do Terra Esportes).

Pelo regulamento da F-1, quando lança mão do carro reserva o piloto é punido com a perda de dez posições, punição a ser aplicada tão logo se encerre a atividade que define a ordem de largada para a prova.

Ross Brown, diretor-técnico da equipe italiana, já havia reagido com pessimismo ao tomar conhecimento do estado que ficou o carro de Schumacher após a batida.

O alemão se acidentou na cruva do Laranjinha, quando perdeu o controle, saiu da pista e bateu forte. O motor de sua Ferrari chegou a pegar fogo.

Schumacher tentava igualar a perfomance do brasileiro Rubens Barrichello, que estabeleceu um novo recorde em Interlagos com 1min10s229, 3s6 mais rápido do tempo que registrou no ano passado.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção