Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 24 de agosto de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Saúde da Família atende há 6 anos a população do Estado

30 Ago 2004 - 15h13
O governo do Estado, através da Secretaria de Saúde (SES), assumiu há seis anos como compromisso, a estratégia da saúde da família e agentes comunitários de saúde como caminhos possíveis para a reorganização da atenção básica.

A primeira etapa de implantação no Estado iniciou-se em 1996, através do Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS). A partir de 1998, começaram a ser formadas as primeiras equipes do Programa de Saúde da Família (PSF), incorporando e ampliando a atuação dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS).

Em Mato Grosso do Sul existem atualmente 294 equipes do PSF e 90 equipes do PACS. A população do Estado conta com 240 unidades de Saúde da Família em 76 municípios, atendendo 430.383 famílias, perfazendo um total de 1.523.692 pessoas assistidas.

A Unidade de Saúde da Família pode atuar com uma ou mais equipes, dependendo da concentração de famílias no território sob sua responsabilidade.

Saúde da Família prioriza as ações de promoção, proteção e recuperação da saúde dos indivíduos e da família, do recém-nascido ao idoso, de forma integral e contínua.

A Secretaria de Saúde estabeleceu como meta principal à expansão das equipes de Saúde da Família como ferramenta importante no processo de mudança do modelo assistencial, reafirmando e incorporando os princípios básicos do Sistema Único de Saúde (SUS): universalização, descentralização, integralidade e participação da comunidade.

Cada equipe multiprofissional da Unidade de Saúde da Família é composta no mínimo por um médico generalista ou médico da família, um enfermeiro, um auxiliar de enfermagem e de quatro a seis agentes comunitários de saúde. Esse numero é flexível, podendo variar, dependendo das necessidades locais. Cada agente atende aproximadamente 150 famílias.

Outros profissionais, como dentistas, assistentes sociais e psicólogos são incorporados às equipes ou formam equipes de apoio, de acordo com as necessidades e possibilidades locais.


Agente Comunitário de Saúde

O agente é uma pessoa da própria comunidade que recebeu preparação para orientar as famílias sobre questões relacionadas à saúde e realiza suas visitas pelo menos uma vez por mês.

Para ser ACS é preciso conhecer muito bem a comunidade em que vive, ter espírito de liderança e de solidariedade e preencher os seguintes requisitos, segundo a Lei n° 10.507/02:

- haver concluído o ensino fundamental;
- residir na área da comunidade em que atuar; e
- ter disponibilidade de tempo integral para exercer suas atividades.

O treinamento dos ACS é realizado no próprio município. O responsável pela capacitação é um enfermeiro, que atua como instrutor-supervisor e trabalha numa unidade de saúde. Além de treinar o agente, ele também acompanha as atividades e reorienta as ações de acordo com as necessidades identificadas. Toda a equipe de profissionais de saúde participa do processo de capacitação dos agentes.
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção