Menu
SADER_FULL
terça, 22 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Saúde bucal receberá R$ 1,3 bilhão até 2006

9 Out 2004 - 10h02
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva informou hoje que até 2006 o governo vai investir R$ 1,3 bilhão no programa de saúde bucal "Brasil Sorridente". Serão instalados em todo o país 400 centros de especialidades odontológicas, com capacidade para atender 640 mil pessoas por mês.

O presidente Lula participou hoje, acompanhado do ministro da Saúde, Humberto Costa, da inauguração de um Centro de Especialidades Odontológicas, em Londrina (PR). O governo já instalou 64 centros em 40 municípios de 15 estados.

Os centros vão oferecer serviços de cirurgia oral, periodontia (tratamento de gengiva), endodontia (tratamento de canal), ortodontia, prótese dentária, prevenção e tratamento do câncer bucal e atendimento a portadores de necessidades especiais. O funcionamento será em horário integral. Os centros menores vão receber do governo federal, para custeio, R$ 6,6 mil, e os maiores, R$ 8,8 mil, por mês.

Segundo o ministro Humberto Costa, o setor público, de maneira geral, só oferecia extração dentária, aplicação de flúor e resinas e pequenas cirurgias. Hoje, apenas 3,5% dos tratamentos odontológicos do Sistema Único de Saúde (SUS) são especializados.
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho