Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 20 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

São Paulo se fia em tabu histórico para passar pelo Grêmio

9 Mai 2007 - 10h46
Sem jamais ter sido eliminado em um mata-mata na Taça Libertadores depois de ter aberto vantagem na primeira partida, o São Paulo tenta manter este tabu histórico na noite desta quarta-feira, às 21h45, contra o Grêmio, no estádio Olímpico, em Porto Alegre, no jogo de volta das oitavas-de-final da competição.

A vitória por 1 a 0 no Morumbi, na última semana, dá à equipe paulista a vantagem do empate. Se marcar gols, o time do técnico Muricy Ramalho pode até perder por um de diferença.

"Um gol contra o Grêmio já é uma boa vantagem. Lá [em Porto Alegre], eles terão que sair para o jogo", disse o meio-campista Souza, após a primeira partida.

O técnico Muricy Ramalho faz mistério na escalação. Ele pode optar pelo tradicional 4-4-2, com Hugo e Souza no meio-campo, ou colocar mais um zagueiro, André Dias, no lugar do lateral-direito Ilsinho. Assim, Souza jogaria na ala direita.

O atacante Dagoberto, um dos destaques na primeira partida, trabalhou separadamente nos últimos dias. A tendência é de que entre apenas no decorrer da partida. Leandro e Aloísio devem ser os titulares no ataque.

Apesar da vantagem do empate, os são-paulinos refutam a idéia de jogar na retranca. "Não podemos pensar só em defender. Ninguém consegue jogar os 90 minutos só defendendo. Temos que buscar um gol. Se fizermos um, eles terão que fazer três", disse o volante Josué.

O Grêmio, por sua vez, vem embalado pela conquista do título gaúcho, no último domingo, após golear em casa o Juventude por 4 a 1. O técnico Mano Menezes deve manter o atacante Amoroso no banco e deixar o ataque com Tuta e Carlos Eduardo.

Histórico

O São Paulo foi vice-campeão da edição de 1974, sendo superado pelo Independiente-ARG depois de vencer o primeiro jogo. Mas, na ocasião, após uma vitória para cada equipe, o regulamento estabelecia que a decisão fosse para uma terceira partida, o que não configura o conhecido mata-mata.

GRÊMIO
Saja; Patrício, William, Teco e Lúcio; Edmilson, Sandro Goiano, Tcheco e Diego Souza; Tuta e Carlos Eduardo (Amoroso).
Técnico: Mano Menezes.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Ilsinho (André Dias), Miranda, Alex Silva e Jadílson; Josué, Richarlyson, Hugo e Souza; Leandro e Aloísio.
Técnico: Muricy Ramalho

Local: estádio Olímpico, em Porto Alegre
Horário: 21h45
Juiz: Carlos Chandía (CHI)
 
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUPERAÇÃO
Jovem que morou 5 anos nas ruas se forma em Direito
FENÔMENO
Maior superlua de 2019 iluminará o céu nesta terça, 19
FAMOSIDADES
Padre sertanejo acusado de ostentação cobra entrada de idosos para assistir programa
ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa