Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 23 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Santos supera Juventude e volta a liderar sozinho

2 Set 2004 - 07h03

Com um gol de Ricardinho no final, o Santos venceu o Juventude por 2 a 1 nesta quarta-feira à noite, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, chegou aos 51 pontos e está sozinho na liderança do Campeonato Brasileiro. A equipe gaúcha vem em segundo, com 48, empatada com o Atlético-PR.

Mesmo com a vitória, o Santos tem motivos para se preocupar para a próxima rodada, quarta-feira que vem, quando enfrenta o Atlético-PR, na Vila Belmiro. Além de não poder contar com Tapia, na seleção chilena, Robinho, na Seleção Brasileira e Paulo César machucado, o time da Baixada Santista também não terá Elano e Deivid, que receberam o terceiro cartão amarelo contra o Juventude.

O Santos começou com tudo a partida. Logo a dois minutos, Elano recebeu amarelo, tamanha a vontade. Em seguida, o mesmo Elano recebeu ótima bola na esquerda, invadiu a área e de frente para Eduardo Martini, chutou em cima do goleiro, perdendo um gol feito.

O meia se redimiu aos 11 minutos. Após cobrar escanteio, a bola voltou para Elano que tentou cruzar novamente. A bola desviou em Lopes, enganou Eduardo Martini e entrou. O Juventude tentou dar o troco logo em seguida. Da Silva cruzou da esquerda, Lopes subiu mais que a zaga e cabeceou com perigo.

Aos 17, o Santos quase ampliou o placar. Deivid enfiou mais uma linda bola, dessa vez para Basílio, que de frente para o gol, chutou em cima de Eduardo Martini. Pressionado pela torcida, o Juventude partiu para cima do Santos com tudo. E a pressão deu certo.

Em cobrança de falta de muito longe, Naldo encheu o pé, a bola bateu no chão e Mauro falhou feio, tomando o gol. O Santos sentiu o baque e diminuiu o ritmo de jogo. Ainda no primeiro tempo, o Santos perdeu Flávio e o Juventude perdeu Vânderson, ambos por contusão.

O último lance de perigo do primeiro tempo aconteceu aos 44 minutos. Da Silva recebeu bola dentro da grande área, matou no peito e tentou uma bicicleta, que saiu muito longe do gol.

O segundo tempo começou no mesmo ritmo que terminou o primeiro: ameno. Quem assustou primeiro foi o Juventude, logo aos dois minutos. Da Silva cruzou da direita, Lopes subiu mais que a zaga e assustou Mauro. Em seguida, Jancarlos cruzou da direita, a zaga parou e Mauro salvou o Santos de tomar a virada.

Depois do começo rápido, o Juventude caiu de produção e o Santos não ameaçava a zaga gaúcha, deixando o jogo monótono. O time da Baixada Santista só voltou a chutar aos 28 minutos, quando Deivid arriscou da direita e bola saiu por cima do gol de Eduardo Martini.

Três minutos depois, o mesmo Deivid arriscou de muito longe, a bola fez uma curva estranha e Eduardo Martini fez boa defesa. O Juventude deu o troco com Zé Rodolpho. O meia fez boa jogada pela esquerda, deu uma "caneta" em Fabinho e soltou a bomba. Mauro fez boa defesa e mandou para escanteio.

Aos 41 minutos, o Santos foi prejudicado mais uma vez no Campeonato Brasileiro. Fabinho enfiou linda bola para Deivid, que tinha dois jogadores adversários a sua frente e sairia na cara do gol para desempatar a partida. No entanto, em um fato que tem se tornado comum, o auxiliar Marco Antônio Martins marcou impedimento inexistente do atacante santista. O atacante ainda tomou seu terceiro amarelo e não enfrenta o Atlético-PR, na próxima quarta-feira.

Mas aos 43 minutos, Ricardinho tocou para Basílio, que tirou o zagueiro e sairia na cara do gol, mas Eduardo Martini saiu rápido e afastou a bola, que voltou para Ricardinho. O meia pensou rápido e quase do meio-campo arriscou por cobertura. A bola subiu muito e morreu dentro do gol gaúcho. Foi a 16ª vitória santista no campeonato.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho