SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 19 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
2 de Setembro de 2004 07h03

Santos supera Juventude e volta a liderar sozinho

Com um gol de Ricardinho no final, o Santos venceu o Juventude por 2 a 1 nesta quarta-feira à noite, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, chegou aos 51 pontos e está sozinho na liderança do Campeonato Brasileiro. A equipe gaúcha vem em segundo, com 48, empatada com o Atlético-PR.

Mesmo com a vitória, o Santos tem motivos para se preocupar para a próxima rodada, quarta-feira que vem, quando enfrenta o Atlético-PR, na Vila Belmiro. Além de não poder contar com Tapia, na seleção chilena, Robinho, na Seleção Brasileira e Paulo César machucado, o time da Baixada Santista também não terá Elano e Deivid, que receberam o terceiro cartão amarelo contra o Juventude.

O Santos começou com tudo a partida. Logo a dois minutos, Elano recebeu amarelo, tamanha a vontade. Em seguida, o mesmo Elano recebeu ótima bola na esquerda, invadiu a área e de frente para Eduardo Martini, chutou em cima do goleiro, perdendo um gol feito.

O meia se redimiu aos 11 minutos. Após cobrar escanteio, a bola voltou para Elano que tentou cruzar novamente. A bola desviou em Lopes, enganou Eduardo Martini e entrou. O Juventude tentou dar o troco logo em seguida. Da Silva cruzou da esquerda, Lopes subiu mais que a zaga e cabeceou com perigo.

Aos 17, o Santos quase ampliou o placar. Deivid enfiou mais uma linda bola, dessa vez para Basílio, que de frente para o gol, chutou em cima de Eduardo Martini. Pressionado pela torcida, o Juventude partiu para cima do Santos com tudo. E a pressão deu certo.

Em cobrança de falta de muito longe, Naldo encheu o pé, a bola bateu no chão e Mauro falhou feio, tomando o gol. O Santos sentiu o baque e diminuiu o ritmo de jogo. Ainda no primeiro tempo, o Santos perdeu Flávio e o Juventude perdeu Vânderson, ambos por contusão.

O último lance de perigo do primeiro tempo aconteceu aos 44 minutos. Da Silva recebeu bola dentro da grande área, matou no peito e tentou uma bicicleta, que saiu muito longe do gol.

O segundo tempo começou no mesmo ritmo que terminou o primeiro: ameno. Quem assustou primeiro foi o Juventude, logo aos dois minutos. Da Silva cruzou da direita, Lopes subiu mais que a zaga e assustou Mauro. Em seguida, Jancarlos cruzou da direita, a zaga parou e Mauro salvou o Santos de tomar a virada.

Depois do começo rápido, o Juventude caiu de produção e o Santos não ameaçava a zaga gaúcha, deixando o jogo monótono. O time da Baixada Santista só voltou a chutar aos 28 minutos, quando Deivid arriscou da direita e bola saiu por cima do gol de Eduardo Martini.

Três minutos depois, o mesmo Deivid arriscou de muito longe, a bola fez uma curva estranha e Eduardo Martini fez boa defesa. O Juventude deu o troco com Zé Rodolpho. O meia fez boa jogada pela esquerda, deu uma "caneta" em Fabinho e soltou a bomba. Mauro fez boa defesa e mandou para escanteio.

Aos 41 minutos, o Santos foi prejudicado mais uma vez no Campeonato Brasileiro. Fabinho enfiou linda bola para Deivid, que tinha dois jogadores adversários a sua frente e sairia na cara do gol para desempatar a partida. No entanto, em um fato que tem se tornado comum, o auxiliar Marco Antônio Martins marcou impedimento inexistente do atacante santista. O atacante ainda tomou seu terceiro amarelo e não enfrenta o Atlético-PR, na próxima quarta-feira.

Mas aos 43 minutos, Ricardinho tocou para Basílio, que tirou o zagueiro e sairia na cara do gol, mas Eduardo Martini saiu rápido e afastou a bola, que voltou para Ricardinho. O meia pensou rápido e quase do meio-campo arriscou por cobertura. A bola subiu muito e morreu dentro do gol gaúcho. Foi a 16ª vitória santista no campeonato.

 

Terra Redação

Comentários
Veja Também
MBO_SEGURANÇA_300
FÁBRICA_CALÇADOS
REINO_MATRÍCULAS_2017
Últimas Notícias
  
HERBALIFE_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.