Menu
SADER_FULL
sábado, 26 de maio de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Santos recebe o Criciúma pensando na liderança do Nacional

20 Jul 2004 - 13h21
A derrota por 1 a 0 para o Fluminense não deixou traumas e servirá de largada para uma nova escalada do Santos no Brasileiro a partir do jogo desta terça-feira, às 21h45, na Vila Belmiro, contra o Criciúma.

É essa a mentalidade que Vanderlei Luxemburgo procurou incutir nos jogadores, segundo eles próprios, após o fracasso no Maracanã, que interrompeu uma série invicta de oito partidas.

"O Vanderlei conversou conosco e nos posicionou que isso poderia mesmo ocorrer. Mas alertou sobre como deveríamos reagir, e vamos para campo com a cabeça voltada para a vitória", afirmou o volante Preto Casagrande.

O treinador minimizou hoje o peso da derrota no Rio e considerou positivo o fato de ela ter acontecido depois de o Santos consolidar a reação que o levou do 20º lugar para a liderança, perdida no fim de semana para o Palmeiras.

"Eu tinha certeza que o Santos iria perder, só não sabia quando."

Na partida desta terça, o grupo acredita que não terá os problemas enfrentados no Maracanã.

Mesmo que a chuva em Santos continue, a comissão técnica e os jogadores confiam no sistema de drenagem do estádio da Vila Belmiro, cujo gramado é classificado pelo técnico santista como o "melhor do Brasil".

No Rio, os atletas se queixaram do campo pesado, com muitas poças d'água, que dificultou o toque de bola santista.

O time também não terá problemas com as dimensões do gramado. Segundo o zagueiro Cristiano Ávalos, a equipe não conseguiu atuar agrupada no Maracanã e por isso deixou muitos espaços no setor defensivo. "No Maracanã, um campo grande, isso fica mais difícil", afirmou.

Suspensos, dois jogadores estão fora do jogo: o volante Ricardo Bóvio e o lateral Flávio.

Para o lugar de Bóvio, Luxemburgo escolherá entre o meia Marcinho e o volante Lello. A vaga de Flávio será preenchida com a volta à ala esquerda de Léo, recuperado da lesão que o impediu de enfrentar o Fluminense. Com isso, o lateral-direito Paulo César retornará a sua posição original.

O Criciúma vai à Vila embalado pela vitória sobre o Atlético-MG. O time está na 14ª colocação no Brasileiro, com 22 pontos.

A equipe também terá dois desfalques. O lateral-esquerdo Luciano Almeida e o atacante Fábio Oliveira estão lesionados.

Paulo César deverá ser escalado no meio-campo, e Athos poderá formar a dupla de ataque ao lado de Reinaldo.

O técnico Vágner Benazzi ainda pode usar o atacante Vagner. O jogador, que fez boa estréia na última partida marcando um gol no segundo tempo, é uma das opções para reforçar o setor ofensivo.

SANTOS
Tapia; Paulo César, Cristiano Ávalos, André Luís e Léo; Preto Casagrande, Elano, Ricardinho e Marcinho (Lello); Robinho e Deivid.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

CRICIÚMA
Fernando; Luís Paulo, Luciano, Gilmar Lima e Gleidson; Geninho, Cléber Gaúcho, Fernandinho e Paulo César; Athos e Reinaldo.
Técnico: Vágner Benazzi

Local: estádio da Vila Belmiro, em Santos
Horário: 21h45
Juiz: Luciano Teotonio Almeira (DF).
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

PARALISAÇÃO
Petroleiros do Pais inteiro anunciam greve "Vamos parar todas as Refinarias"
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta transa com Ícaro e fica encantada
FÁTIMA DO SUL - FOTO DO DIA
FOTO DO DIA: Carreata dos caminhoneiros vista de cima em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - GREVE JÁ PREOCUPA
Situação já preocupa o setor alimentício 'Acendemos a luz vermelha', diz empresário em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - BUZINAÇO NA AVENIDA
Ao som do Hino Nacional, população e caminhoneiros fazem 'buzinaço' em Fátima do Sul
AGORA - DECISÃO DO PRESIDENTE
#AGORA: Temer aciona Exército 'forças federais' para desbloquear estradas
FÁTIMA DO SUL - CARREATA DOS CAMINHONEIROS
Caminhoneiros preparam carreata e conclamam o comércio para que fechem as portas em Fátima do Sul
COPA DO MUNDO
Dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo não serão feriado
FÁTIMA DO SUL - PROTESTOS CONTINUAM
Bloqueios continuam e caminhoneiros convocam população para 'Parar Fátima do Sul'
VANDALISMO NÃO!
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível