Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 21 de novembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Santos leva susto, mas bate Caracas e se classifica

11 Mai 2007 - 08h30

Mesmo levando dois gols, o Santos demonstrou poder de reação e derrotou o Caracas por 3 a 2, nesta quinta-feira, na Vila Belmiro, se classificando para as quartas-de-final da Libertadores. O jogo de ida, disputado na Venezuela, terminou empatado por 2 a 2.

Com o triunfo desta quinta-feira, o Santos vai enfrentar o América nas quartas-de-final. O time mexicano deixou pelo caminho o Colo Colo, do Chile.

O jogo começou e o Santos logo foi ao ataque. Aos 2min, após saída errada do Caracas no campo de defesa, Jonas ficou com a bola e tocou para Zé Roberto.

O meia invadiu a área, trombou com o zagueiro e pediu pênalti, mas o árbitro o ignorou e mandou seguir o lance.

A partir daí, o Santos demonstrou pouca vibração em campo e não levava muito perigo à meta de Toyo. Cauteloso, o Caracas se defendeu e chegou pela primeira vez ao gol de Fábio Costa aos 17min, com Gonzáles.

O time venezuelano surpreendeu o Santos aos 22min, quando Rey bateu falta forte no canto esquerdo e abriu o placar para o Caracas. Fábio Costa ainda pulou, mas não conseguiu chegar na bola.

Atrás no marcador, o Santos respondeu aos 27min. Marcos Aurélio recebeu dentro da área, e na hora do chute, foi travado. Na seqüência do lance, Kléber bateu de fora da área e jogou por cima da meta.

Mesmo assim, o Caracas voltou a entristecer a torcida santista aos 31min. Olivares foi lançado na ponta direita e cruzou na pequena área. Carpintero se adiantou ao zagueiro e marcou de cabeça para os venezuelanos.

Com dois gols de desvantagem, restou ao Santos apenas o ataque. E o time foi recompensado aos 34min. Marcos Aurélio fez bela jogada, entrou na área e rolou para Adaílton bater de chapa e diminuir o placar.

Na base do sufoco, o Santos empatou o jogo aos 40min, quando Kléber cruzou rasteiro para Marcos Aurélio, que bateu errado. A bola, porém, sobrou para Zé Roberto, na pequena área, que tocou de letra e fez um golaço na Vila Belmiro.

O segundo tempo veio e o primeiro grande lance de perigo foi do Caracas. Aos 8min, González bateu falta com força e com curva, direto no gol. Fábio Costa saiu bem e tirou de soco para o Santos.

A resposta do Santos veio aos 13min. Pedrinho bateu de fora da área. Jonas desviou e a bola sobrou limpa para Marcos Aurélio, na frente de Toyo, mas o assistente marcou impedimento na jogada.

Aos 15min, o técnico Vanderlei Luxemburgo decidiu mudar o Santos, sacando Jonas e Pedrinho para as entradas de Renatinho e Rodrigo Tabata. O time melhorou após as alterações e passou a dominar o jogo.

Melhor na partida, o Santos passou a liderar o placar a partir dos 21min, quando Marcos Aurélio recebeu na entrada da área e rolou para Zé Roberto. O meia bateu de pé esquerdo e acertou o canto direito do goleiro Toyo.

Bem postado em campo, o Santos soube manter sua vantagem até o final e assegurou sua classificação. O Caracas ainda teve algumas oportunidades para empatar, mas não foi feliz e teve de amargar a eliminação.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVARDIA
Pai é preso acusado de agredir o filho de apenas cinco meses
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': León destrói rosto de Valentina e ela descobre o segredo da fonte
TERRORISMO
Bolsonaro sofre ameaças de morte em vídeos na internet
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem que matou filho para defender a nora comete suicídio
INJUSTIÇA
Familiares prestam homenagem a laçador de cães que morreu após ser hostilizado
FORAGIDO
Mulher é morta a facadas pelo ex-marido, que não aceitava fim de relacionamento
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Valentina conta a Egídio que Gabriel é filho dele
CRUELDADE
Idosa de 106 anos é assassinada a pauladas no Maranhão
NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo