Menu
PASSARELA
quinta, 21 de junho de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Santos joga por título simbólico e para evitar crise

11 Ago 2004 - 08h44
O Santos entra em campo nesta quarta-feira para enfrentar o Vasco, às 21h45, em São Januário com dois objetivos: o primeiro é vencer o time carioca para garantir o título simbólico de "campeão de inverno" do Brasileiro. O outro é tentar evitar a terceira derrota seguida na competição, que indicaria a pior seqüência do clube no torneio.

Apesar de líder na classificação com 38 pontos, a equipe santista vem de dois revezes inesperados: derrotas para o combalido Grêmio, no Sul, e para o irregular São Caetano, em plena Vila Belmiro.

Até agora, o momento mais hesitante da equipe na competição foi entre a sexta e a oitava rodadas, quando o time do litoral colecionou duas derrotas --Atlético-PR e Palmeiras-- e um empate --diante do Atlético-MG.

O técnico Vanderlei Luxemburgo procura minimizar os efeitos das duas derrotas, mas sabe que um outro resultado negativo pode desestabilizar o grupo. "Perder é sempre ruim, mas foi bom isso acontecer agora. Sabemos que precisamos corrigir os erros para voltar a vencer. Do contrário, ficamos para trás", disse o treinador.

Mas apesar do discurso do comandante o líder Santos tem se mostrado vulnerável fora de casa. Nos dez jogos que o time fez longe da Vila Belmiro, a equipe apresentou um aproveitamento de 36,7%, com três vitórias, dois empates e cinco derrotas. O último triunfo dos santistas fora de casa foi há mais de um mês (7 de julho), na goleada de 4 a 0 sobre a Ponte Preta em Campinas.

Faltando uma rodada para o fim do primeiro turno, o melhor perfil de visitante fica à cargo do Palmeiras, com 50% de eficácia.

Para o jogo contra os cariocas, a arma do Santos deve ser a velocidade nos contra-ataques com Robinho e Deivid, já que o treinador espera o Vasco na frente por estar jogando em seu estádio.

Para Robinho, artilheiro do time no Brasileiro com dez gols, o Santos tem que impor o seu ritmo para não colocar a liderança em risco. "A última rodada nos favoreceu, mas não podemos contar com os outros. A nossa obrigação é vencer e abrir vantagem."

No Vasco, a oscilação da equipe durante os jogos é o maior problema do técnico Geninho. Com 27 pontos --a apenas seis da zona de rebaixamento--, o treinador espera reabilitar o time das duas derrotas consecutivas para ficar em uma posição mais tranqüila na tabela.

"Temos que fazer valer o mando de campo e impor o nosso ritmo", disse. Dos nove jogos em seu estádio, o Vasco só venceu três --tem um rendimento de apenas 41%.

VASCO
Fábio; Chiquinho, Henrique, Gomes (Daniel) e Diego; Ygor, Silva, Coutinho e Petkovic; Valdir e Anderson (Alex Alves).
Técnico: Geninho

SANTOS
Tápia; Paulo César, André Luís, Domingos e Léo; Fabinho, Bóvio, Ricardinho e Elano; Robinho e Deivid.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Local: estádio de São Januário, no Rio (RJ)
Horário: 21h40
Juiz: Leonardo Gaciba da Silva (RS)
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAUDE
Mulher dá a luz em calçada no Cajuru
FAMOSIDADES
Ex-apresentadora do ‘Vídeo show’, Alinne Prado sofre assalto a mão armada dentro de casa
RELIGIÃO
Padre é flagrado dando tapa em criança durante batismo
APOCALIPSE
André (Sidney Sampaio) é assassinado por Ricardo (Sérgio Marone)
DEMORA
Diesel cai R$ 0,62 em distribuidoras e apenas R$ 0,32 nos postos de MS
Brasil
Terceiro homem que assediou russa na Copa diz que “estão transformando um copo d’água em uma tempestade”
‘Alta Pressão’
Exército deflagra Operação para fiscalizar armamento e reduzir desvios para o comércio ilegal
COLÉGIO DELPHOS - BOLSAS DE ESTUDOS
Colégio Delphos Nota 10 oferece provas para bolsas de estudos neste sábado em Dourados
UNIPAR - EAD - DOURADOS
Unipar EAD com pós-graduação e 25 cursos a distância com mensalidade acessíveis agora em Dourados
PENSÃO ALIMENTÍCIA
Genro de Silvio Santos é procurado por Policia Federal após mandado de prisão