Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Santos e São Paulo prevêem violência e já cobram juiz

22 Out 2004 - 10h13
Depois do violento confronto de quarta-feira, pela Copa Sul-Americana-2004, os jogadores de São Paulo e Santos pediram que o árbitro Wilson Luis Seneme (SP), escalado para dirigir o próximo confronto entre as equipes, no domingo, às 16h, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro, seja rigoroso.

Na quarta, em uma partida cheia de lances duros, o árbitro Wagner Tardelli expulsou, ainda no primeiro tempo, os zagueiros Ávalos (Santos) e Fabão (São Paulo), que se desentenderam e trocaram empurrões.

Para os jogadores do São Paulo, os lances desleais de quarta foram provocados pelas declarações do meia santista Elano, que, após o primeiro jogo entre os dois times pela Sul-Americana, no último dia 10, acusou o são-paulino Lugano de ser violento.

As declarações polêmicas continuaram nesta quinta, desta vez com o volante santista Preto Casagrande, que também disparou contra Lugano.

"Pela entrada que deu no Luís Augusto [na quarta], ele não merecia ser expulso, e sim preso. Há momentos que ele perde o controle dentro do jogo", disse Preto Casagrande, em entrevista à rádio Globo.

"A rivalidade existe, porque se trata de um clássico em que as duas equipes têm chances de ficar com o título. Cabe ao árbitro coibir a violência e tornar o jogo bonito", analisou o jogador.

Pelo lado são-paulino, o volante Renan também disse que o comportamento dos jogadores dependerá da atuação do árbitro. O atacante Grafite, no entanto, prevê problemas.

"Nós esperamos que a partida seja mais aberta e leal. Mas, por causa do que aconteceu na quarta e das declarações do Elano [meia do Santos], o jogo pode se transformar num barril de pólvora", disse.

Além da rivalidade e da possível violência, a partida de domingo também ganha importância pela situação das equipes no Nacional. O Santos está em segundo lugar, com 68 pontos, um a menos do que o Atlético-PR. O São Paulo é o terceiro, com 62.
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação