Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 25 de agosto de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Santos "desarmado" joga liderança diante o Atlético-PR

8 Set 2004 - 10h11
Encarada pelos santistas como final antecipada do Brasileiro-2004, a partida contra o Atlético-PR lembra um esperado duelo no Velho Oeste em que, na hora H, um dos adversários percebe que está com pouca munição.

Dos 66 gols marcados pelo Santos neste Brasileiro, mais da metade estará ausente nesta quarta-feira, às 21h50, na Vila Belmiro, justamente quando a equipe defende a liderança contra o time que está mais próximo de ultrapassá-lo. Quem vencer será líder, com três pontos à frente do segundo colocado.

Diante do Atlético-PR --que também tem 51 pontos, mas com uma vitória a menos que o Santos--, o técnico Vanderlei Luxemburgo não terá à sua disposição três dos seus quatro melhores goleadores no Nacional.

Robinho, 17 gols, está em Berlim com a seleção. Deivid, 12, e Elano, 10, estão suspensos. Somados, os tentos deles correspondem a 59,1% das vezes em que o time do litoral balançou as redes.

Para a partida, considerada "de seis pontos" por Luxemburgo, o ataque santista será formado por Basílio, que tem 11 gols, e o recém-contratado William, que tem só um gol pela equipe branca, feito no fim de semana, contra o Paraná, mas válido por outro torneio: a Copa Sul-Americana.

Na artilharia santista, os que aparecem atrás de Elano são Ricardinho, autor do gol da vitória contra o Juventude, na última rodada, e Diego, que foi vendido ao Porto. Ambos têm quatro cada um. Fora esses, só o lateral Léo, com dois, fez mais de um gol.

Além disso, o Atlético-PR não é a melhor defesa para revelar no time rival um novo artilheiro.

Com 28 gols, é a segunda menos vazada do torneio, atrás apenas da do São Caetano, com 25. Por isso, Luxemburgo espera poder contar com presença maciça da torcida na Vila Belmiro.

A partida significará também a efetivação do reserva Mauro no gol santista, relegando ao banco o titular Tapia. O chileno vinha sendo apontado como ponto mais fraco da defesa, principalmente pelos torcedores.

O novo titular já havia atuado nas duas últimas partidas do clube, enquanto Tapia servia a seleção de seu país nas eliminatórias.

Do lado atleticano, o técnico Levir Culpi, que não contará com o atacante Dagoberto, suspenso, poderá lançar o reserva Dennys, que tem estilo de jogo semelhante ao do titular --muita velocidade.

Outra possibilidade é Fernandinho, meia que vem atuando improvisado na ala direita e pode ser adiantado para o ataque. Caso Culpi opte por essa armação, Raulen entra na equipe.

SANTOS
Mauro; Flávio, Antônio Carlos (Domingos), André Luiz e Léo; Zé Elias, Fabinho, Ricardinho e Marcinho; William e Basílio.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

ATLÉTICO-PR
Diego; Marinho, Rogério Corrêa e Marcão; Fernandinho, Alan Bahia, Fabiano, Jádson e Ivan; Dennys (Raulen) e Washington.
Técnico: Levir Culpi

Local: estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)
Horário: 21h50
Juiz: Edílson Soares da Silva (RJ)

 

 

Folha Online


Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção