Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 10 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Sanesul garante R$ 127 milhões para saneamento de MS

16 Set 2010 - 16h42Por Fátima News com assessoria

O presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa, apresentou na última terça-feira, 14 de setembro, os projetos executivos de água e de esgoto para Corumbá, Dourados, Ponta Porã e Três Lagoas, e garantiu investimento de R$ 127 milhões do governo federal para o saneamento de Mato Grosso do Sul. As obras irão compor a segunda etapa do programa de infraestrutura e saneamento do Ministério das Cidades.

Segundo o presidente da Sanesul, a apresentação dos projetos aos técnicos do Ministério das Cidades é um passo importante para a aprovação e assinatura dos contratos. “Com esses investimentos, as principais cidades do Estado passam a ter cobertura de esgoto com índices compatíveis aos países desenvolvidos. Essa conquista demonstra o esforço do governador André Puccinelli, por intermédio da Sanesul, para dotar os municípios de cobertura do abastecimento de água potável e da coleta e tratamento de esgoto”.

Durante a reunião em Brasília (DF), ficou definido que o montante será dividido em obras para os sistemas de abastecimento de água dos municípios de Corumbá e de Ponta Porã, e de esgotamento sanitário para Dourados, Três Lagoas, Ponta Porã e Corumbá.

Para o Presidente da Sanesul, a aprovação desse montante, por parte do governo federal, representa o reconhecimento da capacidade técnica da Sanesul na elaboração dos projetos e premia o esforço de todos os funcionários da empresa na busca por melhorias nas condições de saúde da população. “Levar água e tratamento de esgoto a todos os domicílios é o que motiva o nosso trabalho, principalmente quando vemos a parcela mais pobre da população, residente nas periferias, receber a rede de água e de esgoto. Isso nos leva a acreditar que estamos no caminho certo”.

“Esses recursos vão transformar para melhor a vida de milhares de sul-mato-grossenses que ainda não têm acessos aos serviços de saneamento, sobretudo em coleta e tratamento de esgoto”, enfatiza o presidente da Sanesul. Como exemplo, os recursos destinados ao esgotamento sanitário de Dourados deixarão a cidade com mais de 80% de cobertura em domicílios urbanos.

Participaram da reunião o gerente de projetos do Ministério da Cidade e coordenador de projetos Manoel Renato Machado Filho, o analista de infraestrutura, Marco Tourinho, o assessor técnico Hélio José de Freitas, ambos também do Ministério das Cidades, e os representantes da Caixa Econômica Federal José Luiz Silva e pelo Earp Eprahnann.

Da Sanesul, estiveram presentes o diretor-presidente José Carlos Barbosa, a gerente de projetos Lourdes Tapparo e o gestor de projetos de esgoto Luiz Fernando Gameiro. A reunião foi realizada no Ministério das Cidades.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENTRO ESPÍRITA
Médium é acusado de Abusos Sexuais em crianças
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau leva surra de chicote no bordel
COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado