Menu
SADER_FULL
segunda, 18 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Salário mínimo pode ser reajustado em 8% no ano que vem

23 Jul 2004 - 15h30
 

O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Guido Mantega, fez hoje uma projeção para o reajuste do salário mínimo no ano que vem. Segundo ele, o percentual pode ficar entre 7,5% e 8%. Esse percentual leva em consideração o acordo que atrela o reajuste ao crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e a inflação medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). Para chegar ao valor, o ministro considerou uma expansão econômica de 4% neste ano e a inflação entre 5% e 5,5%.

O percentual de reajuste do salário mínimo deve constar na Proposta Orçamentária para 2005 que deve ser enviada ao Congresso Nacional até o dia 31 de agosto deste ano. No último dia 13, o Congresso Nacional aprovou a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para 2005. O relatório, de autoria do senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) prevê que o salário mínimo do ano que vem terá um aumento real vinculado ao Produto Interno Bruto (PIB). O aumento do salário minímo gerou polêmica em junho.

A Câmara de Deputados rejeitou o substitutivo que previa o salário mínimo de R$ 275,00, conforme aprovado pelo Senado. O valor do mínimo ficou em R$260,00 - o valor defendido pelo Governo Lula.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário