Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Safra de grãos deve ser menor em 2007, diz IBGE

10 Jul 2007 - 10h09

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) revisou para baixo a previsão da safra para este ano. A produção de grãos foi estimada em 133,4 milhões em junho, o que significa uma queda de 1,3% em relação à estimativa de maio.
Mesmo assim, caso se confirme, a safra apontará um crescimento de 14,0% em comparação à obtida em 2006 (117,0 milhões de toneladas).

Segundo o IBGE, as condições climáticas desfavoráveis influenciaram a queda. No Piauí, por exemplo, a safra da soja tem queda de 21,5% devido à estiagem prolongada.

Entre os produtos com variação negativa nas estimativas estão o feijão em grão 1ª safra (queda de 7,7%), feijão em grão 2ª safra (queda de 2,7%), milho em grão 1ª safra (queda de 1,4%), milho em grão 2ª safra (queda de 4%) e soja em grão (queda de 0,4%).

Segundo o IBGE, no caso do feijão em grão 1ª safra a revisão para baixo ocorreu em razão da falta de chuvas nos Estados da região Nordeste, sobretudo no Piauí (-62,1%), Ceará (-16,6%), Rio Grande do Norte (-17,5%) e Bahia (-25,3%). Os Estados do Mato Grosso do Sul e Goiás apresentaram ajustes nas suas estimativas finais de -2,8% e -8,9%, respectivamente.

Para o feijão de 2ª safra, as maiores diferenças foram observadas no Rio Grande do Norte (-53,9%), Espírito Santo (-8,7%), Paraná (-20,8%), Mato Grosso do Sul (-11,5%) e Goiás (-14,5%). As condições climáticas também são o principal motivo para as quedas, principalmente as geadas ocorridas no final de maio e início de junho no Paraná e Mato Grosso do Sul, e a estiagem nos outros Estados.

A falta de chuvas também atrapalhou a cultura do milho. Para o milho de 1ª safra, que está praticamente colhido na região Centro-Sul, a diferença na estimativa de produção foi causada também pela falta de chuvas nos Estados nordestinos. Piauí colheu 53,7% a menos do que o estimado. Já Ceará e Rio Grande do Norte marcaram variações negativas de 17,5% e 16,4%, respectivamente.

O milho de 2ª safra teve produção reduzida em 4% comparada ao mês de maio. As geadas no Paraná e Mato Grosso do Sul prejudicaram a produção com perdas de cerca de 10%, o que corresponde a menos 600 mil toneladas.

A soja teve decréscimo da produção de 0,4%. O Piauí influenciou neste percentual, já que suas lavouras sofreram com estiagens prolongadas e perdas nos índices de produtividade de 21,5%. Em 2006, o Estado colheu 544,1 mil toneladas e, em 2007, 484,4 mil.

 

 

MS Notícias

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos