Menu
SADER_FULL
terça, 22 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Russo de 13 anos mata seus pais após apanhar

19 Out 2004 - 10h27
Um adolescente de 13 anos matou seus pais enquanto eles dormiam, depois que apanhou de seu pai por conta de suas notas baixas em química, informou o jornal russo "Izvestia", nesta terça-feira.

Investigadores da cidade de Talmenka [Sibéria], onde aconteceu o crime, disseram que o pai do menino, Alezander Bykov, foi morto na manhã seguinte a uma reunião com professores na escola. Ao chegar em casa, ele teria punido o garoto por causa de suas notas baixas.

Policiais afirmaram ao jornal que o menino teria dito que o pai "nunca o repreendia por notas baixas na escola", e que dessa vez, "ele foi muito bruto".

Depois de apanhar, Bykov ficou acordado esperando amanhecer. Ele, então, encontrou a espingarda de cano duplo que pertencia a seu pai, carregou-a e atirou várias vezes em seus pais enquanto eles dormiam.

Depois, Bykov planejou sumir com os corpos, jogando-os num rio próximo. O plano falhou, porque ele não conseguiu dar a partida no carro do pai.

O menino, então, pediu a um amigo de 18 anos que o ajudasse a jogar os corpos em um barranco, o que também não teria dado certo, segundo o jornal.

Por fim, o adolescente colocou os corpos, cobertos com sacos plásticos, dentro do guarda-roupa da irmã, de 26 anos. Os pais só foram encontrados pela garota na noite seguinte ao assassinato.

O "Izvestia" disse que a Justiça já iniciou as investigações sobre o crime. O garoto vai fazer exames psiquiátricos, e não poderá ser indiciado, já que é menor.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai