Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 24 de julho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Ronaldo quer ficar livre para negociar após 2006

13 Jul 2004 - 07h24
O casamento do atacante Ronaldo com o Real Madrid pode acabar em 2006. Depois da data em que expira seu contrato com o clube espanhol, o astro brasileiro não pretende renovar automaticamente seu compromisso até 2008, como havia acordado verbalmente com os dirigentes.

A decisão de Ronaldo se deve à vontade de o atleta querer cuidar de seus próprios negócios após a Copa do Mundo de 2006. Se a renovação automática fosse feita, o atacante só teria esse direito após 2008.

Assim, a medida não impede que o atacante renove com o próprio Real Madrid, caso o clube espanhol faça a melhor oferta. Por outro lado, Ronaldo também ficaria livre para aceitar outra proposta tentadora.

Depois de quase um mês de férias, Ronaldo se apresentou ao Real Madrid nesta segunda-feira para começar a preparação para a próxima temporada. Na última temporada, o atacante foi o artilheiro do Campeonato Espanhol.

Ronaldo havia sido convidado para participar de uma partida beneficente promovida pelo craque português Figo, mas sua ida foi vetada pelo novo técnico da equipe espanhola, Jose Antonio Camacho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO BELO RESORT - PACOTE DIA DOS PAIS
Confira o PACOTE do Dia dos Pais em um resort incrível, o Campo Belo Resort
LUTO NO ESPORTE
Aos 78 anos, morre em São Paulo o jornalista esportivo Juarez Soares
CRIMINOSO FRIO
Padrasto dá detalhes de como estuprou e matou enteada de nove anos
LUTO NA EDUCAÇÃO
Aos 51 anos professora sofre infarto fulminante em sala de aula
ASSASSINATO
Jovem é morta a tiros dentro de casa na frente dos filhos de 6 e 8 anos em MT
ABONO SALARIAL
Mais de 290 mil têm direito a sacar o PIS calendário 2019/2020 em MS
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem que se jogou da ponte foi encontrado por pescador
MUITO TRISTE
Adolescente perde luta para o câncer e comove toda cidade
TRAGÉDIA
Neto de empresário de transportes morre atropelado por funcionário
CRUELDADE
Criança que estava desaparecida é encontrada morta. Padrasto confessou o crime