Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Ritmo de crescimento econômico deve diminuir ainda em 2010, diz FMI

11 Set 2010 - 08h58Por Folha Online
O ritmo do crescimento da economia mundial deve diminuir nos últimos meses de 2010, segundo afirmou o Fundo Monetário Internacional (FMI).

O órgão responsabiliza fraquezas do setor financeiro e uma certa crise de confiança que afirma perceber na economia de alguns países pela desaceleração.

Outros fatores também são citados como fatores de risco em potencial, como a deterioração do mercado americano de propriedades.

A recente crise econômica mundial teve início neste mercado e o FMI alerta que o crédito disponibilizado pelo mercado pode diminuir bastante se o número de propriedades perdidas por falta de pagamentos continuar a subir.

O Fundo alerta para a possibilidade de crises parecidas com a da Grécia, que requisitou um empréstimo de 100 bilhões de euros este ano para pagar seus credores.

CONSELHOS

As afirmações do FMI pintam um cenário pouco animador.

Entre as recomendações feitas, O FMI afirma que os governos devem equilibrar suas economias.

Mercados emergentes, especialmente os asiáticos, deveriam encorajar mais a demanda interna do que as exportações.

Já as economias desenvolvidas deveriam diminuir seus déficits públicos e aumentar suas exportações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico