Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 22 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Risco-país tem novo recorde de baixa: 150 pontos

19 Abr 2007 - 17h04

O risco Brasil voltou a cair nesta quinta-feira (19) e repetiu o sua mínima histórica para o meio do dia. O índice, medido pelo banco internacional JP Morgan Chase, chegou pela primeira vez aos 150 pontos. A queda de 4,5% na bolsa chinesa, que afetou os mercados financeiros asiáticos e europeus, não afetou a trajetória de queda do indicador de risco.

O risco-país é considerado um dos principais termômetros da confiança dos investidores na economia. Ele mede o quanto o investidor deveria ganhar a mais para compensar o risco de investir no Brasil.

 

 Método

Para medir o risco-país, o JP Morgan acompanha uma série de indicadores econômicos e sociais dos países emergentes, tais como déficit fiscal, crescimento da economia, solidez das instituições, entre outros. Para padronizar a informação, foi criada uma pontuação.

Os títulos do tesouro dos EUA, considerados os mais seguros do mundo pelo mercado financeiro, foram adotados como referência para “risco zero”: cada 100 pontos no risco representam 1 ponto percentual que os títulos de determinado país deveriam render a mais que o dos EUA para valer a pena par ao investidor comprá-los.

 

 

 

G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'