Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 21 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Ricardo e Emanuel tentam confirmar o favoritismo com ouro

25 Ago 2004 - 08h30
De um lado, Emanuel e Ricardo, atuais bicampeões do Circuito Mundial, com 11 vitórias em etapas desta competição desde o início da parceria, há dois anos. Do outro, Bosma e Herrera, dupla formada há pouco mais de um ano, um solitário título.

Aparentemente, um duelo desigual. Mas só aparentemente.

Baseado no retrospecto entre os rivais, os espanhóis oferecem, sim, perigo aos brasileiros na final masculina, nesta quarta-feira, às 15h.

Bosma protagonizou o pior pesadelo da carreira de Emanuel. Ao lado de Diez, eliminou o brasileiro, parceiro de Loiola, nas oitavas-de-final em Sydney-2000.

Agora, com Herrera, forma a única dupla do Circuito Mundial a não ser "freguesa" dos brasileiros ao se levar em conta ao mínimo três duelos. Tem duas vitórias em quatro encontros. Um agravante: Emanuel tem retrospecto negativo, pois perdeu em julho um confronto ao lado de Brazão (Ricardo estava machucado).

Mais: neste ano, o placar aponta 2 a 0 para os espanhóis, que ainda venceram a única final entre as duplas, na China, em maio. O outro revés de Ricardo e Emanuel também ocorreu nessa etapa.

"Temos jogado em alto nível e tido sorte nos cruzamentos. Não será impossível surpreendermos na final", disse Bosma, que terminou suas duas Olimpíada em quinto lugar --em Atlanta-96, atuou ao lado de Jimenez.

Emanuel, porém, parece determinado a não dar chance aos rivais. Questionado se a prata já não o deixava feliz, foi lacônico, seco e direto: "Olha, não há nem resposta para essa pergunta".
 
 
Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos