Menu
SADER_FULL
domingo, 17 de novembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Rezende joga contra interesses de MS, diz petistas

16 Set 2004 - 16h11
O coordenador da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso, deputado federal Antônio Carlos Biffi (PT), disse, hoje, que o deputado Geraldo Resende (PPS-MS) “não tem qualquer autoridade” para falar sobre articulação do Executivo estadual com a bancada. “A obsessão de Rezende é sempre tentar prejudicar o governo e o governador Zeca, quando na verdade está jogando contra os interesses do Estado”, disse Biffi.

Os deputados federais petistas Carlos Biffi e João Grandão rebateram as declarações de Geraldo Resende, para quem a alegada falta de articulação entre o Executivo estadual e a bancada federal teria causado cortes de recursos para Mato Grosso do Sul.

Para o coordenador da bancada, Geraldo Resende “não tem coerência sequer para falar por si mesmo” e, portanto, cai em descrétido ainda maior quando se atreve a falar sobre as relações dos deputados federais petistas com o Executivo estadual. “Geraldo Rezende foi secretário de Saúde de Zeca e, em vez de servir à coletividade, serviu-se do governo para se projetar eleitoralmente”, aponta Biffi. “Agora rompe todos os limites ao pretender jogar a bancada do PT contra o governo Zeca. Mas Rezende só fala por ele, e olhe lá.”


Crise de Identidade – Já o deputado federal João Grandão (PT-MS) preferiu ironizar o que classificou como “grave crise de identidade ou, talvez, algo mais sério” de que estaria sendo vítima o deputado Geraldo Rezende ao pretender “falar pelo PT” para atacar o Executivo estadual.

“Até parece que ele [Geraldo Resende] vive um estado de confusão mental, imaginando que fala pelos petistas, quando não pode ser levado a sério nem quando fala em seu próprio nome”, disse João Grandão, observando que se Mato Grosso do Sul tivesse, de fato, perdido recursos federais, Geraldo Resende seria um dos responsáveis, como membro que é da Comissão de Orçamento".

Para João Grandão, Resende sabe que o Orçamento da União sofreu contingenciamento geral de vinte por cento. “Mas ele prefere manipular ou omitir informações, coisa que já teria virado folclore, caso não fosse algo tão nocivo para os legítimos interesses da coletividade sul-mato-grossense.”

Deixe seu Comentário

Leia Também

OBESIDADE MORBIDA
Mulher de 230 quilos pede ajuda: ‘Está muito difícil minha vida’
EXECUÇÃO
Adolescente grávida tem residência invadida e executada com vários disparos
TATUAGENS
Influenciadoras ganham dinheiro exibindo tatuagens para fãs
TECNOLOGIA
Conheça o Xiaomi Mi Note 10, lançamento chinês com câmera quíntupla
Brasil
Chuvas causam deixam mais de 500 desabrigados
TECNOLOGIA - SE LIGA AÍ
Celulares pré-pagos de 17 Estados devem ser recadastrados até segunda-feira
MA FASE
Com gol de Messi, Brasil é derrotado pela Argentina e prolonga má fase
IDENIZAÇÃO
Justiça de São Paulo determina bloqueio de passaporte do ex-jogador Roberto Carlos
REVIRAVOLTA
Ex-governadora Rosinha vira doceira e evita falar de política: ‘Tudo deixa trauma’
FUTEBOL BRASILEIRO
Santos precisa se esforçar mais para evitar a perda de uma peça tão importante como Jorge Sampaoli