Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 15 de setembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Revista traz 4 empresas de MS entre mil maiores do País

27 Jul 2004 - 15h44
Publicação especial do jornal Valor Econômico traz quatro empresas de Mato Grosso do Sul entre as mil maiores do Brasil. A revista, entregue hoje, coloca a Enersul como a empresa com melhor desempenho financeiro no Estado. É a primeira entre as citadas de Mato Grosso do Sul, subindo da posição 398 no ano de 2002 para 332 no ranking feito este ano pelo Valor.
Os dados contábeis apontam receita líquida de R$ 563,6 milhões no ano passado, período avaliado para a elaboração do ranking, com lucro líquido de R$ 13,9 milhões e patrimônio líquido de R$ 443 milhões.
Na seqüência, vem a empresa de alimentos Amambai, com receita líquida de R$ 503 milhões e posição 358 no ranking. Na edição de 2002 ela não constou. A terceira de MS e 422ª no ranking é a Cooagri, que teve receita líquida de R$ 411,2 milhões. A Vivo, empresa de telefonia celular, é a quarta, com posição 703 no ranking. A receita líquida dela no ano passado foi de R$ 231 milhões. No ano anterior, 2002, ela ocupou a colocação 813 no ranking do Valor Econômico.
 
 
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO
PM é torturado e morto após circular boato de que seria 'estuprador'
JULGAMENTO
PMs acusados de chacina taparam câmera de segurança antes do crime
CASO DE POLÍCIA
Catador de reciclável recebe mochila com bebê congelado dentro
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo morre após carro bater em árvore em rodovia de MS
FAMOSOS
David Brazil causa ao expor bumbum de Anitta sem ela saber
ACIDENTE FATAL
Câmera de segurança registrou acidente fatal de enfermeira. VEJA O VÍDEO
MONSTRUOSIDADE
Homem que matou mãe e filha em Cascavel escreveu carta. Bebê tomou mamadeira “batizada”
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mulher e marido são presos suspeitos de estuprar menina de 11 anos que dormia na casa deles
SUPERSTIÇÃO
Primeira sexta-feira 13 do ano com noite de lua cheia pode ser perigosa, alerta taróloga
ESPORTE
Poderá o poker se tornar olímpico?