Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 19 de março de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Reuters diz que Delcídio deve ser novo líder do PT no Senado

13 Ago 2004 - 16h44

Reportagem distribuída nesta sexta-feira pela Reuters, uma das maiores agências de notícias do mundo, revela que o senador Delcídio do Amaral (PT/MS) deve ser o futuro líder do PT no Senado. A matéria, assinada pela repórter Natuza Nery, afirma que " no partido e no Planalto, ele é considerado um parlamentar equilibrado e de fácil trânsito nos partidos de oposição" . Segundo as fontes ouvidas por Nery, Delcídio tem o apoio do ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, e a proposta de colocá-lo na liderança vinha sendo cogitada há dois meses, mas ganhou corpo há duas semanas.
- Do lado do Zé (Dirceu) está absolutamente claro que Delcídio será o novo líder - disse uma fonte do PT, argumentando que a proposta ainda tem de ser votada pelo partido. A atual líder do PT no Senado é a senadora Idely Salvatti, de Santa Catarina.
A matéria da Reuters prossegue afirmando que "colegas do senador consideram-no novato por não ter tradição no partido. Ele esteve a um passo de se filiar ao PSDB, mas foi convidado pelo PT em 2001 para lançar sua candidatura ao Senado Federal.Delcídio, de 49 anos, é engenheiro, foi ministro de Minas e Energia do governo Itamar Franco (setembro de 1994 a janeiro de 1995) e ocupou uma diretoria da Petrobras."
A repórter Natuza Nery diz que, apesar da troca de parlamentar para a liderança ser habitual, a definição de um nome com tanta antecedência é incomum.A senadora Ideli, que confirmou à Reuters a informação de sua substituição, afirmou que começou a observar o movimento "pró-Delcídio" desde junho e que não vê problema na troca de nomes.
- O Delcídio é candidato à liderança no ano que vem... mas é bom numa bancada como a nossa ser sempre líder por unanimidade - disse, acrescentando que, quando assumiu o posto, o fez com todos os votos favoráveis a seu nome.Idely Salvatti argumenta que o senador sul-mato-grossense encontrará uma casa arrumada, sem muitos incêndios para apagar, já que o governo aposta que em 2005 a economia brasileira estará melhor e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva terá popularidade em alta, o que daria menos munição para a oposição e aproximaria a base até então desunida.
- O ponto positivo é que ele (Delcídio) tem trânsito, circula bem, tem pontes mais fáceis com a oposição... Em compensação, ele também é recém-chegado no PT. Ele não entra em bolas divididas, você nunca vê o Delcídio polemizando - avaliou Ideli.
A repórter Natuza Nery conclui o texto dizendo que o nome de Delcídio ainda precisa passar pelo crivo da bancada, atualmente com 13 senadores. " Mas como José Dirceu é atualmente o padrinho político do senador, parlamentares julgam que não será uma tarefa difícil levá-lo à liderança " , afirma a matéria da Reuters.

 

 

 

 

 

MS Notícias

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo