Menu
SADER_FULL
quinta, 19 de julho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Reuters diz que Delcídio deve ser novo líder do PT no Senado

13 Ago 2004 - 16h44

Reportagem distribuída nesta sexta-feira pela Reuters, uma das maiores agências de notícias do mundo, revela que o senador Delcídio do Amaral (PT/MS) deve ser o futuro líder do PT no Senado. A matéria, assinada pela repórter Natuza Nery, afirma que " no partido e no Planalto, ele é considerado um parlamentar equilibrado e de fácil trânsito nos partidos de oposição" . Segundo as fontes ouvidas por Nery, Delcídio tem o apoio do ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, e a proposta de colocá-lo na liderança vinha sendo cogitada há dois meses, mas ganhou corpo há duas semanas.
- Do lado do Zé (Dirceu) está absolutamente claro que Delcídio será o novo líder - disse uma fonte do PT, argumentando que a proposta ainda tem de ser votada pelo partido. A atual líder do PT no Senado é a senadora Idely Salvatti, de Santa Catarina.
A matéria da Reuters prossegue afirmando que "colegas do senador consideram-no novato por não ter tradição no partido. Ele esteve a um passo de se filiar ao PSDB, mas foi convidado pelo PT em 2001 para lançar sua candidatura ao Senado Federal.Delcídio, de 49 anos, é engenheiro, foi ministro de Minas e Energia do governo Itamar Franco (setembro de 1994 a janeiro de 1995) e ocupou uma diretoria da Petrobras."
A repórter Natuza Nery diz que, apesar da troca de parlamentar para a liderança ser habitual, a definição de um nome com tanta antecedência é incomum.A senadora Ideli, que confirmou à Reuters a informação de sua substituição, afirmou que começou a observar o movimento "pró-Delcídio" desde junho e que não vê problema na troca de nomes.
- O Delcídio é candidato à liderança no ano que vem... mas é bom numa bancada como a nossa ser sempre líder por unanimidade - disse, acrescentando que, quando assumiu o posto, o fez com todos os votos favoráveis a seu nome.Idely Salvatti argumenta que o senador sul-mato-grossense encontrará uma casa arrumada, sem muitos incêndios para apagar, já que o governo aposta que em 2005 a economia brasileira estará melhor e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva terá popularidade em alta, o que daria menos munição para a oposição e aproximaria a base até então desunida.
- O ponto positivo é que ele (Delcídio) tem trânsito, circula bem, tem pontes mais fáceis com a oposição... Em compensação, ele também é recém-chegado no PT. Ele não entra em bolas divididas, você nunca vê o Delcídio polemizando - avaliou Ideli.
A repórter Natuza Nery conclui o texto dizendo que o nome de Delcídio ainda precisa passar pelo crivo da bancada, atualmente com 13 senadores. " Mas como José Dirceu é atualmente o padrinho político do senador, parlamentares julgam que não será uma tarefa difícil levá-lo à liderança " , afirma a matéria da Reuters.

 

 

 

 

 

MS Notícias

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Fátima do Sul: O Boticário lança linha de cuidados masculinos e mostra que homens também se cuidam
ACIDENTES NAS ESTRADAS
Acidente grave: nove caminhões e um morto na BR-376
POLEMICA
Transexual é retirada algemada de banheiro público feminino em Araruama
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Remy agarra Luzia e Ícaro salva a mãe de ser estuprada
TURISMO PELO BRASIL E MUNDO
Indústria de Hotéis aguarda aprovação dos jogos para captar bilhões em produtos turísticos
AGORA EM DOURADOS - MS
UNIPAR EAD com cursos de Educação Física, Letras, Marketing e mais 22 cursos, Confira todos aqui
TRAGEDIA
Acidente chocante em Foz: casal morre na hora em batida
NOVELA GLOBAL
Aliada de Laureta, Rosa se vinga do pai e o humilha no restaurante em ‘Segundo sol’
GRANA
Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Severo é preso e humilha Roberval