Menu
SADER_FULL
domingo, 25 de agosto de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Reuters diz que Delcídio deve ser novo líder do PT no Senado

13 Ago 2004 - 16h44

Reportagem distribuída nesta sexta-feira pela Reuters, uma das maiores agências de notícias do mundo, revela que o senador Delcídio do Amaral (PT/MS) deve ser o futuro líder do PT no Senado. A matéria, assinada pela repórter Natuza Nery, afirma que " no partido e no Planalto, ele é considerado um parlamentar equilibrado e de fácil trânsito nos partidos de oposição" . Segundo as fontes ouvidas por Nery, Delcídio tem o apoio do ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, e a proposta de colocá-lo na liderança vinha sendo cogitada há dois meses, mas ganhou corpo há duas semanas.
- Do lado do Zé (Dirceu) está absolutamente claro que Delcídio será o novo líder - disse uma fonte do PT, argumentando que a proposta ainda tem de ser votada pelo partido. A atual líder do PT no Senado é a senadora Idely Salvatti, de Santa Catarina.
A matéria da Reuters prossegue afirmando que "colegas do senador consideram-no novato por não ter tradição no partido. Ele esteve a um passo de se filiar ao PSDB, mas foi convidado pelo PT em 2001 para lançar sua candidatura ao Senado Federal.Delcídio, de 49 anos, é engenheiro, foi ministro de Minas e Energia do governo Itamar Franco (setembro de 1994 a janeiro de 1995) e ocupou uma diretoria da Petrobras."
A repórter Natuza Nery diz que, apesar da troca de parlamentar para a liderança ser habitual, a definição de um nome com tanta antecedência é incomum.A senadora Ideli, que confirmou à Reuters a informação de sua substituição, afirmou que começou a observar o movimento "pró-Delcídio" desde junho e que não vê problema na troca de nomes.
- O Delcídio é candidato à liderança no ano que vem... mas é bom numa bancada como a nossa ser sempre líder por unanimidade - disse, acrescentando que, quando assumiu o posto, o fez com todos os votos favoráveis a seu nome.Idely Salvatti argumenta que o senador sul-mato-grossense encontrará uma casa arrumada, sem muitos incêndios para apagar, já que o governo aposta que em 2005 a economia brasileira estará melhor e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva terá popularidade em alta, o que daria menos munição para a oposição e aproximaria a base até então desunida.
- O ponto positivo é que ele (Delcídio) tem trânsito, circula bem, tem pontes mais fáceis com a oposição... Em compensação, ele também é recém-chegado no PT. Ele não entra em bolas divididas, você nunca vê o Delcídio polemizando - avaliou Ideli.
A repórter Natuza Nery conclui o texto dizendo que o nome de Delcídio ainda precisa passar pelo crivo da bancada, atualmente com 13 senadores. " Mas como José Dirceu é atualmente o padrinho político do senador, parlamentares julgam que não será uma tarefa difícil levá-lo à liderança " , afirma a matéria da Reuters.

 

 

 

 

 

MS Notícias

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção