Menu
SADER_FULL
terça, 17 de julho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Reunião em Brasília vai tratar sobre o comércio de arroz

21 Dez 2004 - 14h40
Ocorre hoje, em Brasília, reunião de representantes do segmento agropecuário no Rio Grande do Sul com a bancada ruralista na Câmara Federal. Ação dos produtores também deve ser desencadeada em todo o estado hoje, com o fechamento das fronteiras com o Uruguai e a Argentina. "O mote desses movimentos é o agronegócio e a total insatisfação dos produtores com a situação do setor primário", informou o integrante do Grupo de Trabalho de Pecuária (GT) Pelotas, Ricardo Vinhas.

No dia 16 deste mês, milhares de arrozeiros do estado se reuniram na praça da Matriz, em Porto Alegre, para protestar contra a entrada desordenada de arroz do Uruguai e Argentina. O movimento foi denominado Arroz é vida, numa alusão a 2004 ter sido decretado o Ano Internacional do Arroz, pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). O movimento foi organizado pela Federação das Associações de Arrozeiros (Federarroz) e contou com apoio de outras entidades como sindicatos e associações de agropecuaristas.
 
Agrolink

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL PELO MUNDO
Real Madrid se recusa a permitir que Vinícius Júnior permaneça no Flamengo até o final de 2018
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Luzia descobre que seu filho com Beto não morreu
CONCURSOS - OPORTUNIDADES
Concurso: 13 órgãos abrem as inscrições para 1,9 mil vagas nesta segunda
FOI SALVAR O MELHOR AMIGO
Jovem morre afogado após pular em rio para tentar salvar cachorro
EDUCAÇÃO - FIES - INSCRIÇÕES
Fies abre inscrições nesta segunda com 155 mil vagas para 2º semestre
BOA NOTICIA
Preço da gasolina nas refinarias cai para R$ 1,997
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Karola vira escrava sexual de Remy
BRIGA DE RUA
Homem morre pendurado em grade
FAMOSIDADES
Luan Santana faz declaração emocionante a Padre Fábio de Mello: ''Obrigada pelos dias maravilhosos''
ARTIGO - DIA DO ROCK
DIA DO ROCK - ARTIGO: 'Há um tempo atrás não muito distante...', por Lucio Gazola