Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 16 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Restrições argentinas podem chegar ao têxtil

8 Jul 2004 - 07h06

Em meio à polêmica das barreiras às importações de eletrodomésticos brasileiros, o presidente da Argentina, Néstor KIrchner, admitiu a possibilidade de ampliar as restrições aos produtos do setor têxtil.

"Não descarto a possibilidade de que sejam ampliadas (as medidas) à área têxtil", disse Kirchner, segundo informações divulgadas pela edição eletrônica do jornal La Nación

Kirchner também defendeu a decisão da Argentina de restringir a entrada de eletrodomésticos brasileiros, destacando que a medida foi tomada para evitar assimetrias no comércio bilateral.

Em declarações na província de Entre Ríos, o presidente disse que o desenvolvimento industrial deve ocorrer em todos os países do Mercosul e não em apenas um.

Kirchner visitou a cidade antes de ir à localidade de Puerto Iguazú, onde amanhã, quinta-feira, participará da cúpula de chefes de Estado do bloco regional formado por Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai.

Na segunda-feira passada, o governo argentino anunciou a implementação de um sistema de licenças não-automáticas para a importação de lavadoras e geladeiras brasileiras e sobretaxou em 21% as importações de televisores da Zona Franca de Manaus, que ainda não entrou em vigor.

"Quando pensamos no Mercosul, pensamos como impulsionar o desenvolvimento industrial em todos os países e não em um só", disse Kirchner aos jornalistas.

Ele ressaltou que "é preciso evitar as assimetrias, buscar os pontos de equilíbrio e permitir que as indústrias se desenvolvam de forma equilibrada em todo o Mercosul".

O chefe do Gabinete argentino, Alberto Fernández, garantiu que este assunto será analisado com as autoridades brasileiras durante a cúpula.

 

 

Invertia

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico
HORARIO DE VERÃO
Início do horário de verão não será adiado, informa o Planalto
IBOPE PARA PRESIDENTE
Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
ASSASSINATO
Rapaz agride avós de adolescente que não quis namorar com ele; avó morreu
TRAGEDIA NA RODOVIA
Carro ocupado por sete pessoas se envolve em acidente; cinco morreram
REVOLTANTE
Menina de 11 anos é estuprada por detento ao visitar irmão em presídio
ACIDENTE FATAL
Douradense morre em acidente no RS
REALITY SHOW
A Fazenda 10: Ana Paula é eliminada e se manifesta contra Bolsonaro
FACÇÃO CRIMINOSA
Decapitada por Satã do PCC, jovem morreu por exigir respeito após roubo de chinelo