Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 18 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Reserva de vaga em universidade pode ser editada por MP

4 Set 2004 - 07h11
O Prouni (Programa Universidade para Todos) pode ser colocado em prática por meio de uma medida provisória (MP). O programa visa reservar vagas a alunos de baixa renda em instituições privadas de ensino superior.

O governo federal vai esperar as votações do esforço concentrado do Congresso Nacional, que começam no próximo dia 15, para definir se editará uma MP para agilizar a implantação.

"Se não for votado dia 15, o presidente da República vai ter que tomar uma decisão a respeito desse assunto", afirmou o ministro da Educação, Tarso Genro.

A princípio, o Prouni entraria em vigor por meio de medida provisória. Em abril, chegou-se até a organizar uma cerimônia para anunciar sua assinatura. Mas, de última hora, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu que o programa deveria entrar em vigor por meio de projeto de lei.

No Congresso, o projeto não teve consenso nem mesmo na comissão especial. "Chegamos a uma situação em que o governo não concorda com meu relatório, os deputados não concordam... O relator não tem condição de resolver as querelas sozinho", disse o relator do Prouni, deputado Irineu Colombo (PT-PR), no final do mês passado.

Diferenças

Tarso não quer abrir mão do número de vagas (20% nas filantrópicas e 10% nas particulares). "Nós não renunciamos o percentual forte de vagas gratuitas para estudantes de baixa renda, o resto é negociável, se pode adaptar, se pode conceder", declarou o ministro.

O deputado Colombo, por outro lado, fez uma série de alterações na proposta do Executivo, o que acabou gerando mais pressão das entidades. Entre as principais mudanças estão a inclusão de bolsas parciais (o governo previa só bolsas integrais), a redução das vagas oferecidas pelas filantrópicas e instituições com fins lucrativos e a ampliação da renda per capita dos beneficiados (para 1,5 salário mínimo).

Segundo Tarso, o Ministério da Educação estuda outras formas de viabilizar o Prouni e já fechou acordo com 31 instituições de ensino superior para garantir 20 mil vagas. "Mas para que nós alcancemos 80 [mil] a 100 mil vagas, como nós queremos, é necessária a votação", declarou.
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem atira em esposa e se mata com granada
SUPERAÇÃO
Pedreiro cadeirante enfrenta difilculdades e sustenta a família trabalhando em obras