Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Resende destitui presidente do PPS de Douradina

1 Jul 2004 - 07h45
O deputado federal Geraldo Resende, presidente estadual do PPS, destituiu do cargo o presidente do Diretório municipal do partido em Douradina, vereador José Newton de Souza Paz, depois que ele foi homologado candidato a prefeito e estava viabilizando o apoio do PFL, que iria indicar a candidata a vice-prefeita Vera Caminha.

A atitude de Resende provocou revolta entre os filiados do partido na cidade. "Ele mostrou o lado ditador", disse José Newton. O vereador que criou o PPS em Douradina, partido pelo qual foi eleito há quatro anos com 440 votos e implantou uma nova forma de encaminhamento nos debates políticos, protocolou representação contra o presidente do Diretório regional junto ao Ministério Público de Itaporã.

O promotor Cláudio Rogério Ferreira Gomes acatou a denúncia do candidato a prefeito deposto do partido pelo Diretório regional. José Newton reclama que Resende só esperou ele ser homologado candidato a prefeito para depois intervir no Município. Além dele, foram destituídos os oito membros do Diretório em Douradina.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos