Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 22 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Reportagem da Folha revela eleição em MS pode ser definida em 1º turno

15 Jul 2010 - 14h40


 
Reportagem da Folha de São Paulo, publicada na edição de hoje, assinada pelo jornalista Fernando Rodrigues, revela que André Puccinelli é um dos governadores do Brasil que deve vencer a eleição no primeiro turno. Com o título “Eleição em 18 Estados pode ser definida em primeiro turno”,o maior jornal do Brasil realizou o levantamento em 23 estados brasileiros.

“As pesquisas listadas na tabela mostram apenas a linha de largada das eleições deste ano. Feita a ressalva, se a tendência for mantida, não haverá grandes alterações na composição geral de número de governadores por sigla em 2011”, diz trecho da matéria publicada na Folha de São Paulo. O jornalista informa que hoje o PMDB governa nove Estados, sendo que tem chances em ao menos oitos localidades, incluindo Mato Grosso do Sul.

No caso da eleição no Estado, o jornal publica pesquisa realizada pelo Instituto Ibrape, informando que André tem entre 51 a 54% de preferência dos eleitores, contra apenas 32 a 36% do Zeca do PT.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'
LARANJADA
Deputados do PSOL distribuem laranjas na chegada de Bolsonaro à Câmara