Menu
SADER_FULL
sábado, 20 de abril de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Renúncia fiscal deve crescer 6% em Mato Grosso do Sul em 2008

28 Jun 2007 - 10h18

A LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), que traça parâmetros à elaboração do Orçamento do Estado para o ano de 2008, e foi enviada à Assembléia Legislativa pelo governador André Puccinelli (PMDB) no começo desta semana, prevê renúncia fiscal superior a 6% em relação à estimada para 2007.

O valor previsto para 2008 é de R$ 1.250 bilhão, contra R$ 1.175 bilhão no ano anterior. As estimativas para 2009 e 2010 são de R$ 1.341 bilhão e R$ 1.429 bilhão, respectivamente.

Já o Orçamento estadual de 2008 pulou para R$ 6.032 bilhões, contra R$ 5.081 bilhões previstos para este ano, representando salto superior a 18,7%. Para os anos seguintes, os valores são de R$ 6.519 bilhões para 2009, com aumento pouco acima de 8% e para 2010, a estimativa é de R$ 7.043 bilhões, registrando crescimento também em torno de 8%.

As despesas previdenciárias do Estado – que já têm déficit acumulado em pouco mais de R$ 162 milhões até 2007 – deverão passar, em 2008, de acordo com a projeção da LDO, para valores próximos a meio bilhão de reais. (R$ 445,6 milhões).

Falta de planejamento – De acordo com avaliação feita por economistas, a renúncia fiscal para as indústrias é dada sem análise da contrapartida (benefícios). Por exemplo, para atrair as indústrias para o Estado, o governo abre mão de impostos por um determinado período, por exemplo, 10 anos.

Analistas enfatizam que este é um mecanismo correto e legal na política econômica, porém não existe estudo em Mato Grosso do Sul que aponte qual será a vantagem financeira posterior ao vencimento da isenção dos impostos.

Por outro lado, a geração imediata de empregos no entorno do empreendimento também significa crescimento na arrecadação, uma vez que maior número de pessoas vai consumir maior quantidade de produtos.

Incoerência – Outro ponto ressaltado pelos analistas é que a distribuição da renúncia entre os vários setores econômicos, em termos de valores, é incoerente, e isso mostra claramente a falta de projeto do Estado e de força política para mudar essa distribuição.

Entre os setores mais beneficiados, está o de frigoríficos, que chega a R$ 240,5 milhões. Em contrapartida, o setor de couro, em que os incentivos são necessários para que se crie a verticalização da produção, atraindo indústrias de calçados e gerando mais empregos, por exemplo, está em torno de R$ 9 milhões.

Em relação ao setor de laticínios, a renúncia é inexpressiva. De acordo com um dos economistas, renunciar a R$ 6 milhões por ano, não incentiva ninguém. Seriam necessários valores expressivos para que as indústrias de laticínios se sentissem motivadas a diversificar a produção. Um exemplo é o leite em pó. Hoje os produtores vendem o leite para outros estados – porque pagam mais – e em contrapartida, a indústria no Estado torna-se ociosa devido à falta do produto.

Lei Kandir – Em relação à Lei Kandir, os economistas afirmaram que é imprescindível desonerar para exportar. O problema é o repasse que o Governo federal se comprometeu a fazer aos estados exportadores de produtos primários. A União não cumpre sua parte e quando é pressionada, repassa 10% do devido, e isso é quebra de contrato, afirmam.

Correio do Estado

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Confira agora os 5 passeios mais românticos de Bonito (MS)
EM ÁUDIO VAZADO
Em áudio, Onyx diz que governo deu 'uma trava na Petrobras', caminhoneiros podem ficar sossegados
EMOÇÃO E RECOMEÇO
Mãe e filho se reencontram em hospital após desabamento de prédios
ACIDENTE FATAL
Três morrem em explosão provocada por vazamento de botijão de gás
NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil
CAMPO BELO RESORT - PARAÍSO É AQUI
Com noite Árabe e Italiana, PACOTE do dia 03 a 05 de maio já disponível para o Campo Belo Resort
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
Menino de 12 anos foge de casa, burla esquema de segurança e embarca em avião
DEU RUIM
Vítima reage e mata assaltante que tentava roubar camioneta em Toledo – ASSISTA VÍDEO
PAI MONSTRO
Pai é preso suspeito de estuprar e engravidar a filha de 11 anos
15 METROS DE ALTURA
MILAGRE – Menina de um ano que caiu do 4º andar de prédio não sofreu nenhuma fratura