MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 14 de Dezembro de 2017
RIO_DOURADOS
DELPHOS_FULL
14 de Dezembro de 2004 09h14

Renan diz que ministros do PMDB não saem

Depois de um reunião no Palácio do Planalto com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o líder do PMDB no Senado, Renan Callheiros (AL), disse há pouco que os ministros do partido, Amir Lando (Previdência) e Eunício Oliveira (Comunicações) vão continuar nos cargos e a convenção do PMDB que decidiu pela saída deles, na verdade, não existiu.

Segundo o líder peemedebista, na conversa Lula agradeceu a lealdade do PMDB ao governo e ao país, disse que vai a fazer interlocução com o grupo governista do partido, que os ministros são consequência das bancadas na Câmara e no Senado e quer o PMDB participando de definições de política, de governo e na coalizão.

Renan Calheiros afirmou que não há no PMDB nenhuma situação a reverter porque, na verdade, a convenção não existiu. O que houve, segundo ele, foi uma desobediência civil: uma liminar supendeu a convenção pela manhã, foi pedida uma reconsideração, negada. à noite, e "eles abordaram o presidente do Tribunal de Justiça do DF, mas ele não tinha jurisdição para julgar porque quem estava respondendo pelo Tribunal era o juiz de plantão, que concedeu a liminar".

O senador alagoano afirma que os Lando e Eunício continuam como ministros do PMDB no governo e o presidente Lula não decidiu se vai deflagrar a reforma ministerial, mas acha pequena a participação do PMDB no governo. Sobre essa questão, segundo Renan, "nós queremos que seja consequência do crescimento da coalizão, e não o inverso, que o PMDB priorize essa coisa de ocupação de cargos".
 
 
Agência Brasil
Comentários
Veja Também
pupa
LOJA_02
LÉO_GÁS_300
Últimas Notícias
  
Nossa_Lojas
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.