Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 17 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Regras para repasse de recursos da Saúde poderão mudar

27 Ago 2004 - 13h55
O Projeto de Lei 4010/04, apresentado pelo deputado Roberto Gouveia (PT-SP), cria novas exigências para a transferência de recursos destinados à área da Saúde. O objetivo, segundo o autor da proposta, é "responsabilizar o agente público faltoso, com o efeito prático imediato de acabar com o envio de extensa papelada ao Ministério da Saúde".
Pelo texto, para receber as verbas da União, estados e municípios deverão manter fundos e conselhos de saúde; elaborar plano de aplicação dos recursos e relatório de gestão; prestar informações anualmente ao Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (Siops); e alocar dinheiro de seus orçamentos para a área.

Fundos específicos
A proposta determina ainda que os recursos sejam transferidos pela União para fundos de saúde criados pelos governos estaduais e municipais. A aplicação do dinheiro será acompanhada e fiscalizada por conselhos locais de saúde, sem prejuízo do acompanhamento pelos órgãos de controle interno e externo de cada esfera de governo (federal, estadual e municipal).
Os estados e municípios deverão elaborar planos de saúde, e qualquer aplicação de recursos em projetos não previstos nos planos será considerada infração administrativa, exceto em situações de emergência ou calamidade pública.

Planos e relatórios
O plano deverá ser apresentado pelo dirigente do sistema ao conselho de saúde, em períodos trimestrais e com consolidação anual. O documento precisará ser publicado na imprensa oficial no prazo máximo de 15 dias, com ampla divulgação em audiência pública nas câmaras municipais e assembléias legislativas.
De acordo com a proposta, o relatório de gestão deverá conter:
1) o montante aplicado e a fonte de recursos;
2) as auditorias iniciadas ou concluídas no período;
3) a oferta e a execução de serviços na rede assistencial própria e complementar; e
4) indicadores de qualidade dos serviços e dos resultados alcançados;

Tramitação
O projeto será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
Como a proposta tramita em caráter conclusivo, a matéria poderá ser encaminhada à análise dos senadores sem passar pelo Plenário da Câmara.
 
 
Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem atira em esposa e se mata com granada
SUPERAÇÃO
Pedreiro cadeirante enfrenta difilculdades e sustenta a família trabalhando em obras
GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'