Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 21 de julho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Rebelião policial deixou 4 mortos e 193 feridos no Equador

2 Out 2010 - 06h17Por G1

A rebelião policial de quinta-feira no Equador deixou quatro mortos e 193 feridos, segundo balanço oficial do Ministério da Saúde.

O levante jogou o país em um clima de caos, e o presidente Rafael Correa chegou a ficar dez horas sitiado em um hospital pelos insubordinados.

O chanceler Ricardo Patiño, disse nesta sexta-feira (1º) que a situação está sob controle, mas a vitória sobre os rebelados ainda não está totalmente assegurada.

Os violentos protestos da véspera fizeram Correa ficar mais de dez horas praticamente sitiado, depois de ter sido atacado após um discurso em um quartel. Ele acabou sendo resgatado em uma operação do Exército.

A polícia protestava contra cortes em seus benefícios financeiros, mas Correa afirmou que se tratou de uma tentativa de golpe de estado.

"Não podemos contar total vitória. Superamos a situação por enquanto, mas não podemos relaxar", disse. "A tentativa de golpe pode ter raízes fora daqui, temos de achá-las e arrancá-las."

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA SENDO REPRESENTADA NO RJ
Vicentina será representada no Internacional de Masters South América de Jiu-jitsu no Rio de Janeiro
POLITICA
'Falar que passa-se fome no Brasil é uma grande mentira', afirma Bolsonaro
NOVELA GLOBAL
Maria da Paz se recusa a enxergar caráter de Josiane em 'A dona do pedaço'
REGIME SEMIABERTO
Goleiro Bruno deve sair da cadeia no fim da tarde desta sexta-feira
CASO RARO
Bezerro de seis patas chama atenção moradores de Santa Helena – Veja Vídeo
MONSTRUOSIDADE
Vizinho é preso suspeito de estuprar e estrangular menina de 8 anos
CASA PRÓPRIA
Recurso de R$ 1 bilhão é destinado ao Minha Casa, Minha Vida
VIDA SAUDÁVEL
Homem mais velho do Brasil falece no Rio de Janeiro
BASTA DE IMPRUDÊNCIA
Enlutada pelas mortes, população deixa faixa contra imprudência na PR-082
VIOLENCIA
Motorista atropela manifestantes do MST e mata um idoso