Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 18 de junho de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Quase 40% dos jovens da zona rural são analfabetos

28 Jul 2010 - 07h14Por
Quase 40% da população de entre 16 e 32 anos que vive e trabalha na zona rural é analfabeta, disse nesta terça-feira a Confederação Nacional de Trabalhadores da Agricultura (Contag). Segundo a secretária de juventude do sindicato, Maria Elenice Anastácio, citada pela Agência Brasil, o analfabetismo afeta três milhões dos quase oito milhões de brasileiros desta faixa etária e que trabalham no campo.

Maria Elenice diz que o número seria ainda maior se fossem somados os jovens que residem em pequenos núcleos urbanos e vivem de atividades econômicas relacionadas ao campo. Segundo ela, a falta de serviços e centros educativos na zona rural está por trás da falta de formação dos jovens empregados no setor agrário.

"O trabalhador rural tem que buscar a cidade para ter acesso à saúde, à informação e à escola. Mas como vão pegar um transporte precário para estudar na cidade se estão cansados do trabalho exaustivo?", perguntou Maria Elenice. A coordenadora do curso de Licenciatura em
Educação no Campo da Universidade de Brasília (UnB), Mônica Molina, apontou a falta de escolas no campo como causa essencial da falta de formação para a população rural.

"O interesse em estudar existe. Hoje, o trabalhador dá mais importância ao estudo do que em gerações anteriores", disse Mônica à Agência Brasil. Segundo ela, a partir da quinta série do Ensino Fundamental, é difícil encontrar turmas no meio rural, e por isso muitos acabam desistindo de estudar.

Mônica acrescentou que aproximadamente 70% das escolas rurais oferecem turmas da primeira até a quarta séries do Ensino Fundamental, enquanto apenas 4% têm turmas de Ensino Médio. De acordo com Mônica, poucos alunos continuam estudando após os primeiros anos de escolarização, o que somado ao absentismo e aos "recursos didáticos escassos" leva a elevados graus de analfabetismo funcional.

"Sem acesso à escolarização correta na idade apropriada, o jovem acaba perdendo a condição de ler e interpretar após alguns anos", declarou. Segundo Mônica, entre 2005 e 2007, oito mil escolas rurais foram fechadas no país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados