Menu
SADER_FULL
quinta, 13 de dezembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Quase 30 milhões de brasileiros têm acesso à TV por assinatura

25 Set 2010 - 06h26Por Agência Brasil

O número de domicílios brasileiros que contam com o serviço de TV por assinatura passou de 8,6 milhões em julho para 8,84 milhões em agosto. De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o setor acumula um crescimento de 18,4% desde o início do ano.

Considerando o número médio de pessoas por domicílio divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os serviços de TV por assinatura são distribuídos, atualmente, para quase 30 milhões de brasileiros.

Em agosto, o serviço de TV por assinatura via satélite (DTH) cresceu 4,3% enquanto o número de assinantes que recebem os serviços via TV a cabo cresceu 2,1%. Já as operadoras de TV por assinatura via microondas (MMDS) perderam 1,4% da base de assinantes no mesmo período. A participação dos serviços via satélite atingiu 42,8% da base de assinantes e os serviços a cabo atendem a 53,5% dos consumidores.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça
DICAS DE MARKETING
5 dicas de marketing para um negócio de dropshipping
CRIME HEDIONDO
Câmera flagra ataque de suspeito de estuprar garota de 14 anos em SP; vídeo
TERROR
Ataque dentro da Catedral deixa ao menos cinco mortos em Campinas
REVIDE
Passageiro atropelado por motorista de aplicativo após vomitar em carro está em coma
A SERVIÇO DE DEUS
Angela Bismarchi festeja diploma para ser pastora: ‘Eu era pecadora e não sabia’
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz dá caixa com terra de cova de Gabriel para Valentina
INTOCÁVEL
PF pediu prisão domiciliar de Aécio, Cristiane Brasil e Paulinho da Força, mas PGR e STF não concede