Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 22 de outubro de 2019
CÂMARA VICENTINA OUTUBRO 2019
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Quadrilha acusada de sonegação de imposto é presa em SP e MS

2 Mai 2007 - 14h02
 

Doze pessoas foram presas nesta quarta-feira (2) acusadas de participar de uma quadrilha de sonegadores de impostos que atuavam em São Paulo e no Mato Grosso do Sul. A ação, apelidada de “Operação Viveiro”, foi iniciada esta madrugada e é realizada em parceria entre a Polícia Civil e a Receita Federal. O líder da quadrilha, Cláudio Daniel Mussa, chefiava o esquema de 13 empresas instaladas nos dois Estados.

A investigação começou em maio de 2006, pela Delegacia Seccional de Taboão da Serra, na Grande São Paulo. Segundo o delegado responsável pelo caso, Erasmo Pedroso Filho, o líder da quadrilha é o argentino Claudio Daniel Mussa, preso em Praia Grande, no litoral sul do Estado, acusado por estelionato, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. De acordo com Filho, Mussa chefiava o esquema de 13 empresas instaladas em Mato Grosso do Sul e São Paulo. Elas driblavam o pagamento de tributos entrando com pedido de falência sem pagar os impostos devidos.

A mulher de Mussa, Rosana e o engenheiro André Sato também comandariam o esquema de importações ilegais, sonegação de impostos e estelionato. Gerentes de bancos suspeitos de colaborar com as fraudes também foram presos. Os suspeitos abriam empresas, contratavam empréstimos, compravam mercadorias e encerravam o negócio - sem pagar ninguém. Pelas contas da polícia, em três anos foram movimentados R$ 14 milhões.

Após o fechamento, outra empresa era aberta, em nome de novos donos. O grupo também evitava o pagamento de tributos com o repasse de mercadorias de um estado a outros, segundo o delegado. A operação ocorreu nas cidades de São Paulo, Guarulhos, Praia Grande, São José dos Campos, São Lourenço da Serra, Taboão da Serra, Juquitiba e Santo André, no estado de São Paulo, e em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul – para onde cinco policiais foram enviados.

Outros 75 policiais civis atuaram nas cidades paulistas, segundo o delegado. A polícia ainda cumpre nesta quarta-feira (2) 20 mandados de busca e apreensão. No fiml da manhã, a Seccional de Taboão contabilizava a apreensão de mais de R$ 90 mil em dinheiro, dois automóveis Mercedes e um Audi, relógios e armas, além de documentos e computadores.

 

 

 

TV Morena

Deixe seu Comentário

Leia Também

ABUSO SEXUAL
Adolescente foge de casa após ser estuprada várias vezes por padrasto
NOVELA GLOBAL
Josiane apanha e perde um dente na cadeia em 'A dona do pedaço'
FENOMENO DA NATUREZA
Chuva de meteoros cruza o céu na madrugada desta terça-feira (22)
FAMOSOS
Vítima de gordofobia, Cleo expõe parte mínima do corpo em clique sexy
ENEM 2019
Veja 13 temas de redação que podem cair no Enem 2019
TRAGÉDIA NA 2ª FEIRA
Acidente entre três veículos deixa um morto e dois em estado grave
ESTUPRO
Moça de 19 anos foi estuprada e agredida com chicote por homem de 52 anos
BRIGA DE CASAL
Homem arrasta e passa com o carro por cima da ex-mulher. VEJA O VÍDEO
TRAGEDIA NO RIO
Tragédia com dois mortos no Piquiri Rio chocou a região.
CENTENÁRIO
'Escolinha' exibe homenagem aos 100 anos de Orlando 'Seu Peru' Drummond