Menu
prefeitura VICENTINA Março 2019
terça, 19 de março de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Puccinelli frustra negociações de Nelsinho e diz que vaga do senado é de Simone

6 Set 2013 - 13h12Por Mídia Max

Após declarações do governador André Puccinelli (PMDB) de que a vice-governadora Simone Tebet (PMDB) será candidata, o chefe do executivo estadual pontuou que ela saíra ao senado. A firmação frustra os planos do pré-candidato do PMDB, Nelsinho Trad, que já havia colocado a vaga à disposição para atrair apoio de outros partidos.

O governador disse na manhã desta sexta-feira (6) que jamais abandonou Simone e negou que dará um ‘bico’ nela nas eleições 2014. Simone é filha do ex-senador Ramez Tebet, padrinho político de Puccinelli.

Segundo o governador a vaga de senado não será negociada e Simone é a candidata ao cargo. “O PMDB não vai negociar a vaga”, salientou.

Com a declaração, Puccinelli frustra os planos de Nelsinho para atrair apoiadores a sua candidatura, com um espaço a menos para possíveis aliados.

Simone sempre manifestou intenção em concorrer ao cargo de governadora e tem dito que apenas a vaga no senado justificaria deixar a família em MS. Caso contrário, ficaria sem mandato. Assim, Nelsinho tem um ponto a menos para atrair simpatizantes ao seu nome para a vaga que será aberta com a saída de Puccinelli.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo